Quarta-feira, Junho 19, 2024
InícioArtigos LusopressStart-ups portuguesas triunfam na Viva Technology 2024

Start-ups portuguesas triunfam na Viva Technology 2024

Na Viva Technology 2024, um dos maiores eventos tecnológicos da Europa, as start-ups portuguesas brilharam. Assim sendo, 16 empresas representaram o país, duas delas destacaram-se pelo seu impacto e inovação.

Organizada pela AICEP e pela Start-up Portugal, a participação de Portugal neste grande evento tecnológico foi um sucesso. Ademais, o evento realizou-se nos dias 22 a 25 de maio, no Parque das Exposições em Paris.

Viva Technology 2024, um dos maiores eventos tecnológicos da Europa

Start-ups portuguesas triunfam na Viva Technology 2024

A start-up Leadzai foi a grande vencedora do concurso Pitch Contest Portugal. Este é um projeto que desempenha um papel crucial no cenário de marketing digital, especialmente na área de aquisição de clientes. E tem o objetivo de ajudar outras empresas a aumentar a sua presença online e a captar novos clientes de forma eficiente e eficaz. Nesse sentido, esta vitória garante um ano de acompanhamento personalizado pela delegação da AICEP em Paris, testemunho do seu potencial e impacto no mercado.

A start-up Leadzai foi a grande vencedora do concurso Pitch Contest Portugal
A start-up Leadzai foi a grande vencedora do concurso Pitch Contest Portugal

Por seu lado, a empresa BHOUT, com o seu inovador saco de boxe inteligente, destacou-se na primeira European Tech Competition. Como resultado venceu o primeiro lugar da competição. E também figurou entre as cinco melhores start-ups mundiais na categoria Experiência Desportiva e Saúde dos prémios Tech Election 2024. Além disso, brilhou com a sua abordagem inovadora ao exercício físico através do exergaming.

A empresa BHOUT, com o seu inovador saco de boxe inteligente, destacou-se na primeira European Tech Competition

O seu produto, o BHOUT Bag, é o primeiro saco de boxe do mundo equipado com inteligência artificial, combinando tecnologia de ponta, psicologia, mecânicas de jogo e inteligência artificial. A empresa portuguesa foi assim reconhecida pela sua capacidade de transformar a relação das pessoas com o exercício físico.

Resultado de seis anos de desenvolvimento, o BHOUT Bag, integra sensores biométricos e tecnologia inteligente para analisar as batidas e a força do utilizador através da aplicação BHOUT. Com uma rotação de 180º, o saco permite uma vasta gama de exercícios de força e cardio, proporcionando uma experiência completa e imersiva aos utilizadores.

Esta edição, focada em inteligência artificial, foi um verdadeiro marco, reunindo mais de 165 mil visitantes e 13.500 start-ups de todo o mundo, batendo um novo record de afluência. Um sucesso retumbante que reforça o papel de Portugal na vanguarda da inovação.

ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos Populares