Terça-feira, Julho 16, 2024
InícioNotíciasDiásporaA caminho das legislativas

A caminho das legislativas

A LusoPress vai acompanhar as ambições dos partidos políticos para os círculos eleitorais das comunidades portuguesas no estrangeiro. Nesse sentido, falámos com o PS, a Aliança Democrática e o CHEGA.

No PS, Pedro Nuno Santos escolheu Augusto Santos Silva para o círculo fora da Europa. Enquanto no círculo europeu, Paulo Pisco volta a ser a escolha dos socialistas. Ambos sobejamente conhecidos nas comunidades portuguesas pelo mundo.

Paulo Pisco falou sobre os objetivos para a reeleição e admitiu que há sempre muito para fazer quer no ensino do português no estrangeiro, na modernização da rede consultar e no apoio e divulgação do associativismo na Diáspora

Falámos com o deputado eleito pela Europa em 2022. Paulo Pisco falou sobre os objetivos para a reeleição e admitiu que há sempre muito para fazer quer no ensino do português no estrangeiro, na modernização da rede consultar e no apoio e divulgação do associativismo na Diáspora.

Direita que voltar a eleger nas comunidades

Por outro lado, na coligação de direita que uniu PSD, CDS-PP e PPM, José Cesário é a escolha para o círculo fora da Europa e Carlos Gonçalves é o cabeça de lista no círculo europeu.

O social-democrata, afastado da Assembleia da República pelo PS nas legislativas de 2022, ambiciona agora recuperar o lugar. Garante reunir unanimidade entre o PSD. Apresenta-se assim como o candidato da Aliança Democrática, fruto da coligação PSD / CDS-PP / PPM. No topo da lista de propostas para as comunidades tem. por exemplo, a ambição aumentar o envolvimento cívico e político da Diáspora. O que considera ser fundamental para cativar mais investimento para Portugal.

CHEGA confiante nas comunidades

O CHEGA começou por apresentar o deputado António Maló de Abreu para o círculo fora da Europa, mas acabou mudar o candidato após uma polémica sobre as ajudas de custo pagas durante a última legislatura.

Em entrevista à Luso Press, André Ventura revelou que ambiciona eleger nos dois círculos das comunidades e deixou claro que não irá mudar o seu discurso em prol dos objetivos políticos

André Ventura colocou agora Manuel Magno na corrida pelo círculo fora da Europa e, no velho continente, optou por José Dias Fernandes, empresário português amplamente conhecido pela comunidade lusa em França. Em entrevista à Luso Press, André Ventura revelou que ambiciona eleger nos dois círculos das comunidades e deixou claro que não irá mudar o seu discurso em prol dos objetivos políticos.

Pode ver também estas entrevistas na revista de fevereiro/março da LusoPress. Veja aqui

ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos Populares