Sábado, Abril 13, 2024
InícioArtigos LusopressLuís Gonçalves deixa presidência da Academia do Bacalhau de Paris

Luís Gonçalves deixa presidência da Academia do Bacalhau de Paris

A Academia do Bacalhau de Paris foi presidida, desde 2022, por Luís Gonçalves. O cargo de Presidente da Academia do Bacalhau de Paris foi o culminar de uma relação com mais de duas décadas. Agora, o mandato chega ao fim.

Na despedida a todos os compadres e comadres, revelou que nem sempre foi fácil. Nesse sentido, acrescenta estar confiante para o futuro da Academia. Quer ver perpetuar o espirito de amizade, solidariedade e fraternidade que une o grupo.

Adeus de Luís Gonçalves à presidência da Academia do Bacalhau de Paris

“É com um misto de sentimentos que redijo este e-mail, para partilhar convosco a minha despedida da posição de Presidente da Academia do Bacalhau de Paris. Um papel que tive a honra e o privilégio de desempenhar com muito orgulho desde abril de 2022 até março de 2024.

Ao longo destes quase dois anos, vivemos momentos que, sem dúvida, ficarão gravados na minha memória e no meu coração. Juntos, demos esperança a quem a tinha perdido. Enfrentámos desafios como a nossa enraizada ação de Roupas sem Fronteiras. Partilhámos momentos de convívio e amizade. Mas, acima de tudo, fortalecemos os laços de amizade, solidariedade e portugalidade que são a essência da nossa querida Academia.”

“Nem sempre foi fácil”

Luís Gonçalves desempenha, desde 2022, o cargo de Presidente da Academia do Bacalhau de Paris

“Quero expressar o meu mais profundo agradecimento a todos aqueles que depositaram em mim a confiança para levar  a nau que é a Academia do Bacalhau de Paris a bom porto. Nem sempre foi fácil, confesso. Mas deixo a presidência da nossa Academia de cabeça levantada, porque a servi com lealdade. Cada tertúlia, cada evento, cada iniciativa solidária reforçou a minha convicção no valor incomensurável de todos vocês, porque sem a vossa presença, sem a entrega e dedicação e entusiasmo de muitos de vocês, nada disto teria sido possível.

Saio daqui desgastado, mas não derrotado! Vou estar menos presente nas próximas semanas por motivos pessoais e de saúde, mas estarei sempre perto da Academia, pronto para apoiar ou ajudar o futuro presidente no que ele julgar útil. Ao futuro presidente, o compadre Francisco da Cunha, que estimo pela sua autenticidade, desejo o maior sucesso e toda a sorte do mundo!”

Um obrigado cheio de esperança no futuro

“Vamos continuar a levar adiante a nossa missão de promover a amizade, a solidariedade e a cultura portuguesa, mantendo sempre viva a chama da nossa portugalidade, onde quer que estejamos.

Agradeço a todos aqueles que me ajudaram nesta caminhada e peço a todos que possais continuar a dar vida a Academia do Bacalhau de Paris. Continuai com as vossas presenças e o empenho de todos nas suas ações, pois a Academia somos nós e o seu futuro depende do nosso esforço conjunto.”

Até breve, se Deus quiser. Com amizade e um forte abraço,

Gavião de Penacho!

Luís Gonçalves

ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos Populares