Sábado, Abril 13, 2024
InícioArtigos LusopressALUP entregou primeiro donativo

ALUP entregou primeiro donativo

Quando foi anunciada, em setembro de 2023, a Associação Lídia Unindo Portugueses (ALUP) deixou clara a sua missão. Em suma, apoiar a investigação e doentes com cancro, em particular crianças. Neste sentido, poucos meses depois, a ALUP entregou um primeiro donativo. O destinatário foi a Liga Portuguesa contra o Cancro.

Associação Lídia Unindo Portugueses entregou o primeiro donativo à Liga Portuguesa contra o Cancro em fevereiro de 2024
Inês Gomes de Sá (ALUP), Humberto Lourenço (diretor financeiro da Liga Portuguesa contra o Cancro) e José Gomes de Sá

Primeiro donativo da ALUP

O valor de cinco mil euros corresponde à verba angariada pela ALUP desde o ano passado. E a entrega na Liga Portuguesa contra o Cancro (LPCC) aconteceu na sede em Lisboa.

“Esta associação ALUP nasce, obviamente, após o falecimento da minha mulher. E assenta sobretudo no desejo que ela tinha demonstrado em apoiar estudos destinados aos tratamentos para o cancro”, explicou José Gomes de Sá.

Manter viva a memória de Lídia Sales

Entregue este primeiro cheque à LPCC, a ALUP tem como objetivo reunir apoios para alargar o valor do donativo. Quer, juntamente com aquela instituição, criar um fundo de investigação destinado ao cancro infantil com o nome de Lídia Sales.

“Quero dar continuidade à memória dela. Para além dos donativos à LPCC, vamos também editar um livro sobre a vida e obra da Lídia que será lançado no verão em Sernancelhe, terra onde morava e onde foi tão feliz”. Esta iniciativa da ALUP está marcada para 22 de agosto e contará com uma cerimónia. Em primeiro lugar, haverá uma missa evocativa da memória da Lídia Sales, para a qual serão convidados familiares e amigos. Depois, uma visita ao lugar onde estão os seus restos mortais, na casa que construiu na Cunha. E por fim, um porto de honra, a fim de proporcionar um momento de convívio entre todos aqueles que se juntem para esta singela homenagem à Lídia.

Luta contra o Cancro, uma luta de todos

A Liga Portuguesa contra o Cancro tem mais de cem anos de trabalho. E “se no seu início procurou suprir as carências do Estado em matéria de financiamento do tratamento do cancro, angariando fundos para custear tudo à que a doença dizia respeito, como equipamento hospitalar ou roupa de cama do hospital. Atualmente, a situação é diferente. A Liga passou a mobilizar os seus recursos financeiros para iniciativas mais orientadas para a prevenção do cancro e apoio à investigação da doença. Ainda assim, sem nunca descuidar o apoio ao doente”, pode ler-se no site da LPCC.

Dessa forma, há várias iniciativas promovidas pela própria Liga para angariar fundos.

Ajude com o seu IRS

Nos meses em que os contribuintes portugueses reúnem informação fiscal e tributária para submeter as declarações anuais do IRS (Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares), a LPCC permite-lhe doar parte do imposto.

Os interessados devem fazer a pré-consignação do IRS no portal das finanças até 31 de março. A entrega das declarações acontece entre 1 de abril a 30 de junho.

ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos Populares