05 Jun, 2020 Última Actualização 8:22 AM, 5 Jun, 2020

Quinta Alveirão: os vinhos biológicos da pequena aldeia de Chícharo

 

Foi a partir da pequena aldeia de Chicharo, em Torres Novas, que a Lusopress conheceu a Quinta Alveirão. Propriedade de cinco irmãos, da família Faria Vieira, estivemos à conversa com Rogério Vieira, emigrante em França e defensor da cultura biológica, a principal característica dos seus vinhos. 

À descoberta de Arouca: as raízes do empresário Dominic Fernandes

 

Um concelho com muito para conhecer e descobrir. Arouca pertence ao distrito de Aveiro e é um concelho cuja história se desenrola ao longo dos séculos. Margarida Belém é, desde 2017, a presidente do Município, e numa entrevista à Lusopress, deu a conhecer um pouco melhor as potencialidades do território que representa. Arouca tem um setor empresarial diversificado, mas Margarida Belém destaca a resiliência dos empresários como o ponto forte, pelo facto dos acessos ao concelho não serem os melhores. Com emigrantes nos quatro cantos do mundo, o concelho de Arouca mantém-se ligado às suas comunidades. Dominic Fernandes é empresário em França, mas faz questão que a sede social da sua empresa seja em Arouca. Orgulhosa do concelho que representa, Margarida Belém deixa os ingredientes para que Arouca continue a prosperar. 

Rui Gomes Pedro: "Vai-se começar a valorizar o que é local, e a ter uma necessidade de natureza"

 

Rui Gomes Pedro divide o seu tempo entre França e Portugal e entre a execução de projectos de gestão e a docência. Tem um currículo invejável no que diz respeito à sua formação académica e aos projectos desenvolvidos até ao momento. Está agora a desenvolver o projecto Monsanto Verde, implementado através de um modelo de gestão e desenvolvimento sustentável. Com a pandemia da Covid-19 está em confinamento social na sua casa de campo, na Guia.

 

Vila de Rei está de braços abertos para os emigrantes

 

Há dois anos a Lusopress deslocou-se até ao distrito de Castelo Branco para descobrir os encantos e as potencialidades do concelho de Vila de Rei. Naturalmente que as circunstâncias mudaram e, por isso, também o concelho está diferente. Agora, voltamos a pisar o solo desta encantadora vila do centro de Portugal para perceber o impacto da Covid-19. De forma feliz, o concelho apenas registou um caso de infetado por Covid-19, registado em meados do mês de Março. Num momento em que Portugal vive a terceira fase de desconfinamento, Ricardo Aires espera que as pessoas não pensem que a situação já acabou. O turismo estava a ser, até agora, um dos grandes ex-líbris do concelho de Vila de Rei. O Centro Geodésico de Portugal é o grande atrativo do concelho, mas não faltam motivos para continuar a visitar Vila de Rei. O presidente sabe, contudo, que este ano a realidade ficará abaixo das expectativas. Como sempre esteve, não é agora que a situação iria mudar. É de braços abertos que está o concelho de Vila de Rei para os seus conterrâneos emigrantes. 

Teresa Coelho: "A Docapesca continua a trabalhar, o setor das pescas tem de manter a sua atividade"

 

Teresa Coelho é nazarena, nasceu e cresceu apreciando as ondas da Nazaré, frequenta a lota "desde pequenina" e durante o seu percurso profissional esteve sempre ligada ao mar, somando um currículo extenso nesta área. Hoje, é a presidente do conselho de administração da Docapesca, empresa que continua em atividade perante a pandemia de Covid-19. A Docapesca é uma empresa do sector empresarial do Estado português. Gere todos os portos de pesca em Portugal continental, que integram 22 lotas e 37 postos de apoio à primeira venda de pescado. Na sua área de jurisdição, enquanto autoridade portuária, encontram-se também 14 marinas e portos de recreio e 29 estaleiros de reparação e construção naval.