21 Oct, 2019 Última Actualização 1:52 AM, 21 Oct, 2019

História da emigração portuguesa distinguida em Matosinhos

 

Luísa Salgueiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, recebeu no seu gabinete o deputado Paulo Pisco para uma reunião onde foi debatido o projecto do Museu Nacional da Emigração. Juntamente com a autarca, o deputado é um dos impulsionadores deste projecto que merece o seu empenho, com o objectivo de o edificar na cidade de Matosinhos.Para Paulo Pisco, este é um sonho antigo das comunidades portuguesas e que está prestes a tornar-se realidade, neste que será um museu onde é valorizada e dignificada a história da emigração portuguesa.

Inês Brusselmans foi eleita Miss Portuguesa em noite onde também brilhou Laura Gameiro

 

Foram 18 as finalistas do concurso Miss Portuguesa 2019. Vindas de várias partes do país e até do estrangeiro, mas todas em busca do mesmo sonho: ser a próxima Miss Portuguesa. Este é o maior concurso de beleza português e elege as representantes lusas aos principais certames de beleza mundiais. A representante da comunidade portuguesa em França foi Laura Cunha Gameiro. A jovem lusodescendente de 23 anos garante ter sido uma experiência inesquecível. A grande final decorreu na Casa Branca de Gramido, em Gondomar, e foi o culminar de duas semanas intensas de estágio. Período de preparação e aprendizagem para todas as finalistas.

No final, o presidente da organização Miss Portuguesa revelou os resultados. Laura Gameiro é Miss Grand Portugal e irá representar o país no concurso Miss Grand International, a realizar na Venezuela. A Miss Supranational é Carolina Liquito, o título Miss International Portugal foi atribuído a Ana Rita Aguiar e a Miss Universe Portugal é Sylvie Silva. A primeira e segunda Damas de Honor são Cristiana Silva e Beatriz Mota, respectivamente. Por último, foi relevado o mais aguardado título, o de Miss Portuguesa, atribuído a Inês Brusselmans.

Festas do Bodo é porta aberta a todos os emigrantes pombalenses

 

Pombal abriu, uma vez mais, as suas portas à tradição secular das Festas do Bodo. As festas do concelho são cada vez mais um ponto de encontro para milhares de pombalenses, em especial aqueles que residem no estrangeiro e aproveitam esta ocasião para regressar a Portugal. Após a chegada da Filarmónica Artística Pombalense hastearam-se as bandeiras e o salão nobre da câmara municipal abriu as suas portas para a Sessão Solene de Abertura das Festas do Bodo. A cerimónia foi presidida pelo Secretário de Estado do Ambiente, João Ataíde. Após o seu discurso, o autarca Diogo Alves Mateus entregou algumas lembranças e partilhou a felicidade por, mais um ano, o concelho estar de braços abertos a todos os pombalenses.

Secretário de Estado das Comunidades deu as boas-vindas aos emigrantes em Vilar Formoso

 

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas esteve na fronteira de Vilar Formoso, a dar as boas vindas aos emigrantes que estão de regresso para as férias em Portugal. José Luís Carneiro abordou alguns dos emigrantes à sua chegada, distribuiu material informativo, e lembrou os incentivos fiscais, de apoio ao investimento e mobilidade no âmbito do Programa “Regressar” lançado pelo Governo.

A acompanhá-lo esteve o Secretário de Estado da Proteção Civil que sensibilizou os emigrantes para uma condução segura e lembrou os cuidados a ter durante o período de férias no que diz respeito à prevenção de incêndios rurais e os comportamentos a adotar em caso de emergência. As campanhas de sensibilização levadas a cabo nas fronteiras portuguesas têm assinatura da Cap Magellan, uma associação francesa de jovens luso-descendentes. Vêm de diferentes países de acolhimento para Portugal, mas o sentimento entre o emigrantes é o mesmo: a saudade do país de origem.

LethesHome apresentou coleção “Fui a Viana”, com inspiração na Romaria

 

A LethesHome apresentou uma linha têxtil inspirada na Romaria. “Fui a Viana” é o nome da coleção que tem produção da Vianatece, e surge surge com o propósito de quem visita Viana do Castelo levar consigo uma recordação da cidade. A Vianatece é uma empresa de tecelagem artesanal fundada em 1985 em Viana do Castelo e instalada na Zona Industrial de Neiva. A coleção tem como designer Rui Carvalho, que se inspirou em alguns dos principais símbolos vianenses, entre os quais o Coração e a Estátua de Viana. A linha têxtil contou ainda com o fotógrafo Vitor Roriz e com o trabalho de Sónia Rodrigues, com o seu projecto Maria Kabaça, inspirado na mulher minhota e na tradição vianense, através de figuras pintadas à mão criadas a partir de cabaças. A coleção está disponível na LethesHome, nas suas lojas de Viana do Castelo e Porto.