23 Sep, 2020 Última Actualização 3:13 PM, 22 Sep, 2020

Produção de manjericos na Maia mantém viva a tradição da planta rainha dos Santos Populares

 

A Lusopress deslocou-se ao concelho da Maia para conhecer uma das maiores produções de manjericos do país. O seu responsável é Joaquim Araújo e, por esta altura do ano, não tem mãos a medir. Apaixonou-se e tornou-se o Rei dos Manjericos. Há mais de 20 anos que dedica grande parte da sua vida à produção desta planta. Fortemente ligada às festas dos santos populares, o Manjerico é responsável por alegrar e levar boa disposição às pessoas. Amor e paixão pela planta ajudam ao seu crescimento, mas ainda assim são necessárias outras condições. Em Pedrouços, na Maia, a produção faz-se em larga escala, mas mantém um cariz tradicional. São as mãos de familiares e amigos que tratam cada manjerico. Etiquetar os vasos, tirar os Manjericos da terra e fazer carregamentos, o trabalho, por esta altura, não termina. Da Maia para o resto do país e até além-fronteiras. Os manjericos de Joaquim Araújo não conhecem fronteiras e são mesmo um caso de sucesso. A paixão pelo manjerico estende-se ao entusiasmo pelas quadras que os acompanham. É Joaquim Araújo e a sua esposa que as escrevem, inovando de ano para ano. Conhecida como a “erva dos namorados”, é com produções como a de Joaquim Araújo que a tradição se mantém viva.

 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Luis Palma Gomes venceu concurso "Haicai de Toledo - Kenzo Takemori"

 

Luís Palma Gomes recebeu a Lusopress na sua casa, de braços abertos, para uma conversa sobre literatura, a língua portuguesa e o seu percurso enquanto escritor.

Ler notícia

Aldeia da Pena, onde a magia da serra se esconde num vale

 

É uma aldeia de encantos. Fica situada nas profundezas de  um vale da serra de São Macário, no concelho de São Pedro do Sul, em Viseu. A Aldeia da Pena, como é conhecida, é um tesouro escondido no interior de um Portugal profundo. Uma aldeia que se encanta pela natureza envolvente e pelas suas casas de xisto.

Ler notícia

A nova vida do Sport Comércio e Salgueiros: um histórico da cidade do Porto

É um histórico do futebol português. O Sport Comércio e Salgueiros, fundado a 8 de Dezembro de 1911, tem a sua sede na freguesia de Paranhos, no Porto, e é hoje um clube multidesportivo. Desde o início da sua longa e centenária história, o Salgueiros é um clube com grande ligação às classes mais populares e humildes da cidade do Porto. O apoio em massa esteve sempre presente.

Ler notícia

Restaurante Solar dos Presuntos é marca de qualidade e tradição

 

 

Quem entra nesta casa, entra na sua casa. Foi com este lema que a Lusopress foi conhecer uns dos restaurantes mais emblemáticos de Lisboa. O Solar dos Presuntos foi fundado há mais de quarenta anos, e ao longo destas 4 décadas o restaurante apresentou uma série de pratos que constituem autênticas especialidades da cozinha portuguesa.

Ler notícia

Lusitanos de Saint-Maur perdeu pela primeira vez nesta temporada, frente ao FR Haguenau

Depois de uma seguência de vitórias e empates, o Lusitanos de Saint-Maur perdeu pela primeira vez no compeonato, frente ao Haguenau por 1–2 pela quinta jornada do Nacional 2.

Ler notícia