Em tempo de pandemia, Sernancelhe destaca-se no digital para promover produtos locais
18 Jan, 2021 Última Actualização 5:09 PM, 15 Jan, 2021

Em tempo de pandemia, Sernancelhe destaca-se no digital para promover produtos locais

 

Este ano, a Festa da Castanha, em Sernancelhe, foi diferente. Por causa das restrições da pandemia, que limitam os eventos tradicionais, surgiu a oportunidade de inovar, de fazer diferente, mantendo a essência do certame e o seu reconhecido sentido cultural.

Sernancelhe quis continuar a valorizar os produtos, os produtores e a marca Sernancelhe Terra da Castanha. Foi, por isso, que transformou a Festa da Castanha numa feira digital. A venda foi realizada na plataforma Dott.pt +, em parceria com os CTT. Numa caixa personalizada, juntamente com as castanhas calibradas e de qualidade máxima, era enviado um livro com o historial do concelho e potencialidades turísticas, assim como vouchers com desconto na restauração e hotelaria local, e ainda uma prova degustativa na loja interativa de turismo. O sucesso, foi inevitável. Aproveitando a disponibilidade da mesma plataforma, o Município decidiu lançar um novo projeto, para a época natalícia. É, com certeza, uma boa prenda de Natal. Faz parte da caixa premium um frasco de mel de flor de castanheiro, um sabonete artesanal, uma garrafa de vinho tinto DOC Távora Varosa ou uma garrafa de azeite virgem extra. Foram muitas as solicitações dos portugueses residentes fora do país, mas fica a promessa de, no próximo ano, o projeto conseguir corresponder além-fronteiras.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Ministro do Mar inaugurou novas instalações da Apropesca, na Póvoa de Varzim

 

A Apropesca inaugurou as suas novas instalações no porto da Póvoa de Varzim, numa cerimónia que também assinalou os 35 anos desta Organização de Produtores de Pesca Artesanal.

Ler notícia

Marcelo Rebelo de Sousa: “De cada vez que deixam de votar, afastam-se de Portugal”

 

Comunidades portuguesas. Foi este o tema em cima da mesa, numa entrevista ao presidente e candidato Marcelo Rebelo de Sousa. A conversa teve lugar na Pastelaria Versailles, a sua sede de campanha. Assume que os problemas dos portugueses que residem fora do território físico português têm estado na sua agenda.

Ler notícia