Sul de França: a Cabral & Carvalho destaca-se pela qualidade dos serviços prestados
25 Jan, 2021 Última Actualização 5:46 PM, 21 Jan, 2021

Sul de França: a Cabral & Carvalho destaca-se pela qualidade dos serviços prestados

 

Foi no sul de França que a Lusopress foi conhecer a Cabral & Carvalho Batimat, uma empresa ligada ao sector da construção civil e vocacionada para obras de grandes dimensões. A partir de Sainte-Maxime, onde se encontra sedeada. a empresa tem vindo a destacar-se pelos vários anos de experiência neste segmento de mercado. Foi fundada pelo pai, mas hoje é Anabela Cabral uma das sócias e administradora da empresa. À Lusopress, garantiu que a empresa se destaca pela qualidade dos serviços que presta, e salientou o papel de Jorge Carvalho, sócio e um dos grandes pilares da empresa e responsável pelas obras realizadas.Anabela garante, ainda, que o segredo para o sucesso passa pela simpatia e pelo profissionalismo dos seus colaboradores. Um dos pontos de diferenciação no mercado assenta na qualidade dos serviços prestados. A administradora sublinhou ainda a ligação da empresa a Portugal. Jorge Carvalho é responsável pelas obras no terreno e explicou as especialidades da empresa, assim como a importância da mão-de-obra portuguesa, que é mais especializada e produtiva. Sobre a crise sanitária que atinge boa parte das empresas, Jorge Carvalho diz-se preocupado sobre o retorno ao trabalho depois do confinamento, e sente que a produção jamais será a mesma.

 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Teresa Coelho assumiu funções de Secretária de Estado das Pescas

 

Até então presidente do Conselho de Administração da Docapesca, Teresa Coelho é, desde setembro de 2020, Secretária de Estado das Pescas.

Ler notícia

Associação Internacional dos Lusodescendentes quer organizar Feira da Lusofonia em 2021

 

A Associação Internacional dos Lusodescendentes foi criada em 2019 e está essencialmente focada e ao dispor dos lusodescendentes.

Ler notícia