06 Jun, 2020 Última Actualização 8:22 AM, 5 Jun, 2020

Casa da Prisca é o resultado da tradição, do bem-fazer e do amor à gastronomia e produtos da terra

 

É na aldeia de Freches, em Trancoso, que nasce uma bonita história do bem saber-fazer das mais genuínas tradições portuguesas. É aqui também que começa a viagem de Agostinho Santos. A Casa da Prisca é hoje o resultado da tradição e bem-fazer, do amor à gastronomia e aos produtos da terra, enraizados na família Santos desde 1917. De pais para filhos, ao longo de quatro gerações, foram transmitidos os ensinamentos e o prazer de transformar as melhores carnes, frutas e legumes. O que começou numa simples comercialização de carne de porco, enchidos e presuntos nas feiras e mercados da região, hoje o nome Prisca vai muito mais além. Durante a década de 90 a Prisca consolidou a sua marca, com a criação da fábrica em Trancoso e com a internacionalização dos seus produtos. Em 2004 assumiu uma mudança estratégica fulcral ao definir o lançamento da linha de compotas. A Casa da Prisca foi ainda o vencedor do prémio Heróis PME, indicador de trabalho bem feito, sempre pelo melhor caminho. Inovação é o que distingue a marca Prisca e, por isso, a maior preocupação é dar resposta às necessidades do consumidor.