21 Oct, 2019 Última Actualização 1:52 AM, 21 Oct, 2019

Joaquim Pires inaugurou restaurante O´Fado, um espaço tipicamente português

 

O nome Fado está cada vez mais patente na região de Sainte-Maxime, no Sul de França. Depois do supermercado e padaria, surge o restaurante e snack-bar. A inauguração contou com dezenas de portugueses da região que se mostraram surpreendidos com o espaço. Joaquim Pires é o principal responsável deste espaço gastronómico que em muito contribui para a união dos portugueses na região. A inauguração do restaurante Fado serviu também de encontro da Câmara de Comércio e Industria Franco-Portuguesa da região PACA. 

Mapril Baptista foi eleito presidente do Lusitanos de Saint-Maur

 

Não houve margem para dúvidas. Mapril Baptista é o novo presidente do Lusitanos de Saint-Maur, eleito por unanimidade. Em Assembleia Geral Extraordinária, foi apresentada apenas uma lista para a nova direcção, da qual saiu eleito presidente para o próximo mandato Mapril Baptista. O rei das ambulâncias abraça assim um novo projecto na sua vida: o futebol. Este foi o momento da passagem de testemunho de Artur Machado para Mapril. Presidente durante dez anos, Artur continuará a pertencer à direcção, sempre com o objectivo de levar mais longe a equipa que milita na National 2 de França.

CDS veio a Paris apoiar Melissa da Silva no arranque oficial da campanha

 

Arrancou oficialmente a campanha de Melissa da Silva, enquanto candidata do CDS-PP pelo Circulo da Europa, às eleições legislativas a decorrer no próximo dia 6 de Outubro. Foi com sala cheia de apoiantes no restaurante Le Physalis, em Montrouge, que a candidata apresentou as ideias do partido e apelou ao voto dos portugueses. A cabeça-de-lista contou com o apoio de Luis Queiró, Presidente do Congresso do Partido, que sublinhou a aposta do CDS-PP numa candidata jovem. O momento foi também aproveitado para expor a proposta do CDS sobre o aumento do número de deputados para a emigração.

“Até ao lavar dos cestos é vindima” - a tradição em Portugal e em França

 

As vindimas começaram e a Lusopress marcou presença no momento de apanhar as uvas. Fomos ao encontro desta tradição em França e em Portugal. Começamos por conhecer esta realidade num dos lugares mais conhecidos do mundo: a região do Champagne, em França. A cerca de 100 kms de Paris, na região de Epernay, mundialmente conhecida pela sua produção de Champagne, encontra-se Fernando Martins. É português e trabalha indiretamente na produção desta bebida há mais de 40 anos. A portuguesa Tina Dumont chegou à região de Champagne-Ardenne em 1982 para dar aulas de português. Com o tempo, e pela influência do marido que era produtor, tomou o gosto pela champagne. Hoje toma conta do principal negócio da família, a produção de champagne.

Também em Portugal não podíamos deixar de marcar presença. A Lusopress esteve na região demarcada do Douro e de Lisboa, duas regiões vinícolas com características bem distintas. Na região do Douro,  mundialmente conhecida  pelo  seus vinhos de excelente qualidade a Lusopress esteve em Santa Comba de Vila Nova de Foz Côa. Lugar que oferece condições únicas para a maturação das vinhas e para produção do vinho. Na Região Vinícola de Lisboa, até agora conhecida por Estremadura, tem a particularidade da maioria dos vinhos pertencerem a Cooperativas, com grande variedade de estilos e qualidades. Começa a haver um número crescente de vinícolas privadas, com vendas diretas ao consumidor. É o caso da Quinta do Ralha, na região de Leiria. Também aqui, acompanhamos as vindimas de características únicas e dificilmente encontradas noutra região.

PCP promoveu encontro da candidata Rita Rato com a comunidade portuguesa, em Champigny

 

O Partido Comunista Português promoveu, em Champigny, um encontro com a candidata Rita Rato, da CDU, pelo Circulo da Europa. Foram apresentadas as principais linhas de intervenção da coligação, nomeadamente no que respeita à diáspora portuguesa. Rita Rato é deputada desde 2009, eleita pelo Circulo de Lisboa. Abraça agora a emigração com a vontade de defender os interesses das comunidades.