09 Apr, 2020 Última Actualização 3:33 PM, 8 Apr, 2020

Festival da Lusotopia arranca com jantar solidário e espectáculos musicais

 

A cidade de Crosne organizou, pela primeira vez, o Festival da Lusotopia – um evento que teve como principal objectivo mostrar parte da riqueza cultural de todos os países lusófonos. A inauguração do certame deu-se através de um jantar solidário, que decorreu no Espace René Fallet e, cujos fundos reverteram para duas associações de solidariedade, tal como o explica uma das organizadoras do evento. Vários foram os artistas lusófonos que aturaram neste jantar-espectáculo. Até os Caretos de Podence marcaram presença, naquela que foi a sua primeira aparição em França após a eleição como Patrimônio Imaterial da Humanidade da Unesco. O Presidente da Câmara de Crosne, Michaël Damiati, realçou as principais actividades programadas para este fim de semana. Para a Embaixadora da Guiné-Bissau em Paris, Filomena Tipote, a sua presença, neste evento celebrativo das culturas lusófonas, teve um duplo significado, tal como o explica de seguida.

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, frisou igualmente a importância do Festival da Lusotopia, que promove não só a cultura e a língua portuguesas, mas também a abertura de espírito a outros saberes e tradições. O evento contou também com algumas revelações, nomeadamente a do início do processo de geminação entre o município francês de Crosne e o município português de Vila de Rei, no districto de Castelo Branco. Ambos os presidentes estão bastante esperançosos que o processo seja aceite e, as duas localidades passem assim a beneficiar deste acordo de cooperação. O jantar prolongou-se pela noite dentro e a animação foi constante, neste evento que pretendeu trazer um pouco das culturas lusófonas até esta localidade francesa.