23 Oct, 2019 Última Actualização 2:09 PM, 23 Oct, 2019

Nomeado Portugueses de Valor 2019: Alberto Mota Borges

 

Alberto Mota Borges nasceu no Canadá, em Toronto. Os pais eram emigrantes, mas regressaram às origens, cedo. Apesar de ter vivido alguns anos no estrangeiro, confessa que a sua matriz de funcionamento é portuguesa” e do Canadá trouxe apenas a ligação e o afecto peça diáspora. Quando fala, não consegue esconder o bom sotaque açoriano e foi na ilha de São Miguel que desenvolveu uma boa parte do seu percurso profissional. Alberto Mota Borges foi chefe da Divisão de Planeamento, Gestão e Controle da ANA Aeroportos de Portugal para a Região Autónoma dos Açores, na estrutura instalada no Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada. Em 2015 deixou a ilha e descolou em direcção ao Algarve. Actualmente, é o novo director do Aeroporto Internacional de Faro e confessa que recebeu este cargo de braços abertos. “É o melhor projecto que eu poderia ter neste momento. Eu desenvolvo-o com muito entusiamo, alegria e empenho. Todas as energias que eu tenho, concentro-as neste trabalho da melhor forma possível”.

Nomeada Portugueses de Valor 2019: Maria da Conceição Silva

 

Maria da Conceição Silva nasceu no Minho e foi viver para França com a família quando ainda era uma adolescente. A mãe era conhecida por “trabalhar mais depressa do que a máquina” numa fábrica em Vitry-sur-Seine e Maria herdou também esta determinação. Com apenas 16 anos, quis sair da escola e ser autónoma. Depois de ler correctamente em voz alta um pequeno texto, foi trabalhar para uma gráfica nos arredores de Paris e, depois de casar, apoiou o marido, Ângelo da Silva, na criação de uma empresa. Como desde cedo mostrou inclinação para os números, tirou um curso de contabilista e começou a ajudá-lo nas contas. Actualmente, detêm cinco empresas, entre as quais se destaca a Alfyma, responsável pela realização, instalação e manutenção de transportadores, de triagem de bagagens, postos de inspecção de filtragem e integração de equipamentos de segurança para o sector da indústria aeroportuária. O nome Alfyma está espalhado pelo Aeroporto de Paris Orly, Charles de Gaulle, entre outros, e é uma referência neste ramo. Maria está encarregue da gestão financeira das empresas, todos os anos passam milhões de euros pelas suas mãos, mas desengane-se quem pensa que não continua igual à menina que deixou a aldeia de Vila das Aves, em Santo Tirso.

Nomeado Portugueses de Valor 2019: António Santos

 

António Santos é natural de Faro, no Algarve, tendo nascido a 12 de Junho de 1965. Com apenas quatro anos de idade vai com os seus pais para França abraçando uma nova realidade na sua vida. Chega a terras gaulesas em 1969 e lá continua até hoje, tendo traçado durante a sua vida um percurso de sucesso. Apesar de nunca ter frequentado a escola portuguesa, os pais de António ensinaram-lhe a língua portuguesa, essencial para manter até hoje as ligações às suas origens. Em França, António Santos estudou e tornou-se empresário, tendo criado uma empresa de logística, carga aérea e marítima para todo o mundo. Também através da sua vida profissional mantém ligações com Portugal, tendo vários clientes e parceiros portugueses que importam ou exportam para França. Sente que os portugueses da sua geração são cada vez mais reconhecidos e valorizados pelo seu trabalho, principalmente pela sua capacidade empreendedora.

Alguma família de António permanece em Portugal, sendo por isso um bom motivo para visitar o seu país sempre que pode. António aproveita todas as ocasiões para matar saudades do sol, da comida e da família. “Em Portugal aproveita-se mais a vida, têm mais alegria de viver”. Apesar de ter toda a sua vida em França, António Santos realça que o mais importante é não esquecer de onde se vem. “Portugal é pequeno, mas é importante fazer com que seja mais importante no mundo. Representem bem Portugal”.

Nomeado Portugueses de Valor 2019: José Manuel Rodrigues

 

Depois de terminar o curso de Engenheiro Mecânico, José Manuel Rodrigues ingressou de imediato na empresa do pai, a Oliveira Rodrigues Granitos de Pedras Salgadas, que dirige actualmente. Sente-se realizado profissionalmente e agradece ao pai a oportunidade de fazer o que gosta, “gosto de criar e de inovar”. Considera-se integro, persistente e trabalhador.Acredita que é a ganância o pior da humanidade, provoca guerras e atrocidades, de bom é o amor pelo próximo. Para este empresário ser português significa “ter orgulho no nosso passado, orgulharmo-nos de quem somos, termos confiança no futuro. Há coisas que temos de mudar e exigir a quem nos governa, que apoie quem trabalhe e não quem nada faz. Um país tem de produzir, sem produção não há crescimento”. Como leitura, tem no autor José Rodrigues dos Santos o seu preferido.

Nomeado Portugueses de Valor 2019: Manuel Soares

 

Manuel Soares é natural de Sever do Vouga, no distrito de Aveiro, tendo nascido em 1964. A família é o principal elemento da qual se recorda da sua infância. Partiu com 17 anos para França e lá permanece até hoje. Começou por trabalhar com o seu pai numa empresa, mas rapidamente veio ao de cima a sua veia empreendedora. Criou a sua primeira empresa em 1988, lançando-se por mero acaso no mundo dos mosaicos mas, pouco tempo depois, o mármore torna-se a sua paixão e hoje tem uma empresa de renome em Paris. Em 1994 cria a Real Marbre, empresa que perdura até hoje. A coragem e a seriedade são duas das características do povo português que considera terem-no influenciado na sua vida.
Para Manuel Soares o sucesso profissional que atingiu em França não teria sido o mesmo se tivesse ficado em Portugal, acredita que não lhe teriam surgido as mesmas oportunidades e também a necessidade de trabalho e vontade de vencer. Em pequeno, sonhava em poder construir uma vida profissional e pessoal se sucesso, passos que considera ter alcançado com sucesso. Ainda assim, tem sempre sonhos e objectivos a cada dia que passa: “agora é deixar traços da nossa passagem”.