16 Feb, 2020 Última Actualização 4:40 PM, 14 Feb, 2020

Portugueses de Valor 2020 - Nomeado Armandino Pereira

 

Foi em Melgaço que nasceu Armandino Lourenço Pereira, a 28 de Janeiro de 1964. Dividiu a sua infância entre Portugal e França, país para onde partiu com dez anos de idade. De Portugal recorda até hoje o 25 de Abril, acontecimento que o marcou particularmente. Foi precisamente nesse ano que partiu para solo gaulês. Começou a trabalhar cedo, para o irmão que tinha uma empresa no Sul de França. A sua vida profissional ficaria associada à construção de casas individuais, tendo começado nesta área numa empresa onde conseguiu chegar a condutor de trabalho. Posteriormente, já noutra empresa, chegou a chefe, até 2001, anos em que decidiu abrir a sua própria empresa - a Maison Prisme, também ela dedicada à construção de casas individuais.
Ao longo da sua vida, dá valor à justiça, às seriedade, humildade e à palavra. “É importante pagarmos a tempo e horas, e por isso tenho parceiros que trabalham comigo há mais de 20 anos”. Também a vertente mais solidária não fica de lado na vida de Armandino Pereira. “Ajudei durante muito tempo uma instituição que cuidava de crianças mal tratadas pelos pais. Hoje, essa associação já não existe, mas continua a colaborar com pedidos locais, nomeadamente no que diz respeito à polícia e bombeiros”, conta.

Para si, ser português é um orgulho. “Sempre me reivindiquei português e sempre serei português, com todo o orgulho. Os meus filhos vão pelo mesmo caminho”. Filhos, aliás, que já fazem parte da estrutura da empresa. A ligação a Portugal mantém-se forte até hoje, visitando o seu país todos os meses e efectuando, também em Portugal, vários negócios. Ainda assim, Armandino Pereira tem um desejo: “gostava que todos os portugueses fossem mais unidos, que se ajudassem mais uns aos outros. Devemos ter orgulho de sermos portugueses, mas temos de nos preocupar mais uns com os outros”.