16 Feb, 2020 Última Actualização 4:40 PM, 14 Feb, 2020

Portugueses de Valor 2020 - Nomeado Hugo Morgado

 

Hugo Morgado nasceu em Nogent-sur-Marne, mas assume que se sente mais português que francês. Com um ano de idade, seguiu com os pais para Portugal, lá permanecendo durante sete anos. Foi numa localidade, perto da cidade de Óbidos, que passou a maior parte da sua infância. Recorda-se de uma vida rural, no campo, com liberdade e alegria. O seu regresso a França ainda hoje lhe está gravado na memória. “Foi nu dia de Inverno, cheio de neve, coisa que eu nunca tinha visto na vida. Tinha oito anos de idade e ver a nova vida, em Paris, um centro totalmente urbanizado, foi uma grande surpresa para mim. Já no seu país de nascença, completou a sua formação, tirando um curso superior de Administração e Gestão de Empresas. Começou a trabalhar, juntamente com a mãe, nas agências de viagens, um negócio que ainda hoje é detido pela família. Seguiu-se uma experiência de cinco anos num banco, tendo chegado a director de agência, até que passou a gerir a Multipompage, uma empresa reconhecida em Paris pela especialidade em bombagem de betão.
Para Hugo Morgado, a palavra, a honestidade e o respeito de todos são os três grandes pilares da sua vida. “O mais importante na vida não é ter, é ser, e saber viver com os outros”. Hugo não esquece também a sua vertente mais solidária, apoiando clubes associativos e a associação Les Copains d´Hugo, associação à qual reconhece grande mérito pelo trabalho desenvolvido. “No meio que posso, tento ajudar quem tem iniciativas interessantes e com um projecto bem definido para ajudar os outros, aqueles que realmente necessitam”. Para si, ser português é ser corajoso. Nasceu em França, passou por Portugal e depois regressou ao país que o viu nascer, mas com o passar dos anos vai-se sentindo cada vez mais português. “Por exemplo, quando a França ganhou o Mundial de futebol em 1998 estava muito contente e senti-me mesmo francês, mas com o passar da idade sinto que quero voltar às raízes e sinto-me um português de raiz, mesmo tendo nascido em França. Quando mais avanço na vida, mais me sinto português e tenho imenso orgulho porque é um povo fantástico e um país lindo”.
Hugo deseja que todos os portugueses continuem a valorizar Portugal e a representar o país da melhor forma possível.