18 Aug, 2019 Última Actualização 11:55 PM, 13 Aug, 2019

Portugueses de Valor 2018: Nomeada Fátima Campos

 

Maria de Fátima de Almeida Campos nasceu em Vale Cambra, no dia 12 de Maio de 1962. Da sua infância recorda os tempos em que estudava e a rigidez da educação dos seus pais. Apaixonada pelo mundo da música, Maria faz as malas e parte em direcção a França. O objectivo era singrar como artista e, por isso, vestiu a coragem e abriu novos horizontes.

Inicialmente a paixão da música moveu montanhas, mas nem tudo foi um mar de rosas. Maria sofreu algumas adversidades durante o seu percurso, no entanto, nada que a fizesse desviar de um caminho de sucesso. Hoje, é uma empresária no ramo das limpezas e um exemplo de uma portuguesa que usa no seu ADN a perseverança.

Portugueses de Valor 2018: Nomeada Edite Santos

 

 

 

Maria Edite Boiça Gil Santos é uma mulher que assumiu a liderança de uma empresa portuguesa. É sócia gerente e administradora da empresa de fotografia" Carlos Portugal,Lda." uma casa com mais de 40 anos de experiência e muitas fotografias no rolo das recordações. Actualmente contam com 18 empregados efectivos, espalhados pelas lojas na Marinha Grande, Nazaré e Leiria.

Portugueses de Valor 2018: Nomeada Isabel da Ponte

 

Isabel da Ponte emigrou para França com a família com apenas seis anos. Passou por Bordéus, estudou engenharia e arquitectura em Paris e foi na capital francesa onde iniciou a sua carreira profissional. Primeiro na área da engenharia numa empresa, mais tarde como empresária, lançando-se por conta própria. Durante o seu caminho encontrou vários percalços, mas conseguiu sempre ultrapassar as dificuldades. A mais difícil foi a doença que descobriu no final da década de 90. Desde então, e para além da sua actividade, Isabel está também ligada a uma Associação e apoia crianças que enfrentam o mesmo problema. É uma das nomeadas da edição dos Portugueses de Valor 2018. 

Portugueses de Valor 2018: Nomeado Abílio Lourenço

 

Abílio Lourenço é natural de uma aldeia de Ponte Lima.Em 1980 emigrou para França como muitos portugueses e transformou-se num verdadeiro " homem dos 7 ofícios". O primeiro trabalho que encontrou foi nas vindimas, mas depois seguiram-se várias profissões.É uma das nomeados da edição dos Portugueses de Valor 2018.

 

Portugueses de Valor 2018: Nomeado Suzette Fernandes

 

 

 

Suzette Fernandes é natural da Guarda, mas foi viver para França com a família quando ainda era pequena. Hoje ainda recorda "a integração fantástica" e a recepção acolhedora que recebeu na escola francesa. Em Paris estudou, esteve ligado a vários projectos, incluindo uma clínica veterinária, mas em 1999 descobriu que tinha Miofascite Macrofágica, Suzette precisou de tirar o pé do acelerador.  A doença rara está associada ao hidróxido de alumínio utilizado como adjuvante em certas vacinas e caracteriza-se por cansaço crónico, dores musculares e articulares, dificuldades neurocognitivas e afecta sobretudo a memória e a audição.

Apesar do diagnóstico pouco animador, Suzette não desistiu e fundou em 2001 a associação E.3M. no hospital Henri Mondor de Créteil. A organização defende o abandono de vacinas com alumínio em França, começou com cerca de 40 membros e tem actualmente “cerca de 350”. Em 2012, Suzette e vários membros da E.3M. fizeram uma greve de fome na praça da Bolsa, no centro de Paris, tendo conseguido um financiamento de 150 mil euros para a investigação sobre a toxicidade do alumínio na composição das vacinas. Conheça a sua história.