PORTUGAL
01 Aug, 2021 Última Actualização 5:09 PM, 29 Jul, 2021

Festival de Sopas e Encontro de Ranchos de Sernancelhe promoveu a tradição e a cultura

 

Foram 18 sopas, de 18 associações do concelho e milhares de litros servidos em três dias do certame. Todas elas feitas com ingredientes bem típicos da região. O Festival de Sopas e Encontro de Ranchos de Sernancelhe é uma festa de tradição e da cultura. Uma viagem no tempo de sabores e paladares para conhecer o passado e as aldeias de Sernancelhe e não deixar cair no esquecimento a história do povo. Ao fim de sete edições, o Festival de Sopas e Encontro de Ranchos comprovou ser uma iniciativa com enorme aceitação por parte dos visitantes. O Festival de Sopas é um evento que posiciona o concelho como território apostado na valorização dos saberes e sabores de antigamente. Em Sernancelhe rainha é a castanha. Para quem precisa de repor energias, esta é a sopa ideal. Os visitantes provaram sopas originais, únicas, que resultam do somatório dos sabores da terra ao saber, passados de geração em geração e que, caso agora não fossem impulsionados com iniciativas como o Festival de Sopas, corriam o risco de se perder.

Dia Mundial da Rádio: "Manhãs da Comercial" é líder de audiências e um sucesso em Portugal

 

É o Dia Mundial da Rádio. A Lusopress não deixou passar o dia ao lado, e foi conhecer os bastidores da Rádio Comercial. É a rádio líder de audiências em Portugal. Pedro, Vasco, Nuno, Vera e Elsa compõem a equipa mais ouvida do país. O segredo? Tratarem a rádio por tu e chegarem ao coração dos ouvintes. Contar histórias é o que os move. Histórias que prendem a atenção de quem ouve e que dão cor e vida à magia do som. A rádio hoje, não é a mesma de ontem, e não será certamente, a mesma de amanhã. A evolução é natural e a rádio tem sabido acompanhar as novas tecnologias. Mais do que uma simples companhia, a rádio assume um papel preponderante na vida das pessoas. Seja em informação, formação ou puro entretenimento. Seja com sons, silêncios, músicas ou palavras. A rádio tem uma enorme força comunicativa. Faz parte da vida das pessoas e por isso, hoje se celebra o Dia Mundial da Rádio.

Trancoso aposta forte na realização de eventos para 2020 para aumentar turismo

 

2020 será um ano em cheio para o Município de Trancoso no que à organização de eventos diz respeito. Numa apresentação à comunicação social e promotores turísticos, no Pavilhão Multiusos de Trancoso, foi revelado o calendário de eventos que começa já em Fevereiro com o Carnaval e, em Março com a Feira do Fumeiro, dos Sabores e Artesanato do Nordeste da Beira. O objectivo passa por aumentar o fluxo turístico no concelho e na região. Segundo o autarca, o turismo está a crescer de forma exponencial, tornando-se um sector importante para o concelho. Num calendário composto ainda pela Queima do Judas, pela Festa da História, pelo Festival de Música no Castelo e pela Feira de São Bartolomeu, entre outros, o autarca não esqueceu o papel da diáspora portuguesa na dinamização dos eventos realizados. Às actividades agendadas, juntam-se outras a realizar ao longo do ano por associações culturais e desportivas do concelho. Trancoso promete, assim, um 2020 em festa.

Feira do Fumeiro de Vinhais celebrou 40 anos de existência

 

A Feira do Fumeiro de Vinhais está de parabéns. São já 40 anos de existência de um evento que promove o melhor que o concelho tem a oferecer: o fumeiro. A feira realiza-se anualmente, em Fevereiro, desde 1981. Destaca-se das demais pelo seu fumeiro de excelência, que lhe valeu a atribuição do título de “Capital do Fumeiro”. Nos quatro dias de feira, além do fumeiro de raça bísara, estão disponíveis produtos naturais da região, artesanato e produtos gourmet. Atrações que chamam, anualmente, milhares de visitantes. Todos os anos, durante os quatro dias do certame, vendem-se perto de seis toneladas de fumeiro, transações que movimentam entre 1,5 e dois milhões de euros. O segredo deste sucesso passa muito pela qualidade do fumeiro. Fica a promessa de uma nova edição, já em Fevereiro de 2021.

Monsanto Verde reflecte um novo conceito de vida

 

Rui Gomes Pedro divide o seu tempo entre França e Portugal e entre a execução de projectos de gestão e a docência. Tem um currículo invejável no que diz respeito à sua formação académica e aos projectos desenvolvidos até ao momento. Está agora a desenvolver o projecto Monsanto Verde, implementado através de um modelo de gestão e desenvolvimento sustentável. Perto da vila histórica de Monsanto, na região central de Portugal, mais concretamente no concelho de Idanha-a-Nova, a sociedade Monsanto Verde desenvolve ‘villas’ adaptadas às diferentes estações do ano com base em materiais ecológicos e responsáveis no coração de uma herdade de exploração agrícola biológica e participativa, território de reserva natural, património protegido pela UNESCO. Este novo conceito de vida - combina economia solidária, partilha de espaços, cultura e aprendizagem - tem 40 casas ecológicas à venda em 240 hectares no coração de uma herdade totalmente certificada biológica. Estas casas utilizam materiais locais e respeitam os códigos do património rural da área. Reinventar a arte de viver o futuro é a palavra-chave do gestor professor Rui Gomes Pedro para este empreendimento, que combina know-how ancestral e tecnologias recentes. Mais do que apenas moradias, a Monsanto Verde propõe aos indivíduos que adoptem um verdadeiro modo de vida no modelo da rede de regiões orgânicas europeias (Regiões Ecológicas) com as suas próprias herdades biológicas e de produção activamente agrícola

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia