Mosteiro dos Jerónimos acolheu a cerimónia minimalista do Dia de Portugal
28 Jul, 2021 Última Actualização 3:45 PM, 25 Jul, 2021

Mosteiro dos Jerónimos acolheu a cerimónia minimalista do Dia de Portugal

 

Devido à pandemia de Covid-19, o Presidente da República cancelou as comemorações do 10 de Junho que estavam previstas para a Madeira e África do Sul. Teve assim lugar uma cerimónia simples no Mosteiro dos Jerónimos com apenas seis convidados. Hasteou-se a bandeira portuguesa ao som do Hino Nacional, e seguiram-se os discursos nos claustros do Mosteiro. Num discurso centrado no surto de Covid-19, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que a pandemia atingiu tudo e todos, provocou centenas de desempregados e parou economias. Marcelo Rebelo de Sousa anunciou ainda que vai condecorar os profissionais de saúde que trataram o primeiro caso de Covid-19 em Portugal. O Presidente da República, no seu discurso, lembrou ainda as lições de há 100 anos. Marcelo defendeu que é tempo de Portugal acordar para a nova realidade resultante da pandemia de Covid-19 e fazer as mudanças que se impõem: com coragem, sem voltar às soluções do passado. O cardeal e poeta madeirense José Tolentino de Mendonça foi o escolhido por Marcelo par presidir às comemorações do Dia de Portugal. “O que é amar um país”, foi o tema do seu discurso, onde falou como mais um entre os dez milhões de portugueses. Foi uma cerimónia minimalista que marca o último 10 de Junho do primeiro mandato de Marcelo Rebelo de Sousa.

 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia