Vila de Rei está de braços abertos para os emigrantes
28 Jul, 2021 Última Actualização 3:45 PM, 25 Jul, 2021

Vila de Rei está de braços abertos para os emigrantes

 

Há dois anos a Lusopress deslocou-se até ao distrito de Castelo Branco para descobrir os encantos e as potencialidades do concelho de Vila de Rei. Naturalmente que as circunstâncias mudaram e, por isso, também o concelho está diferente. Agora, voltamos a pisar o solo desta encantadora vila do centro de Portugal para perceber o impacto da Covid-19. De forma feliz, o concelho apenas registou um caso de infetado por Covid-19, registado em meados do mês de Março. Num momento em que Portugal vive a terceira fase de desconfinamento, Ricardo Aires espera que as pessoas não pensem que a situação já acabou. O turismo estava a ser, até agora, um dos grandes ex-líbris do concelho de Vila de Rei. O Centro Geodésico de Portugal é o grande atrativo do concelho, mas não faltam motivos para continuar a visitar Vila de Rei. O presidente sabe, contudo, que este ano a realidade ficará abaixo das expectativas. Como sempre esteve, não é agora que a situação iria mudar. É de braços abertos que está o concelho de Vila de Rei para os seus conterrâneos emigrantes. 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia