Furnas da Alfândega do Porto recriam cenário imersivo com Monet e Klimt
08 Feb, 2023 Última Actualização 8:00 AM, 8 Feb, 2023

Furnas da Alfândega do Porto recriam cenário imersivo com Monet e Klimt

Claude Monet nasceu em Paris, a 14 de Novembro de 1840. O seu pai tinha uma mercearia e queria que o filho seguisse as suas pisadas. Não respondeu aos desejos do pai, mas impressionou o mundo da pintura com o seu estilo. Munido de um pincel e uma tela, o artista recriou nas suas obras os efeitos da luz no ambiente e as suas impressões pessoais.

Da metrópole parisiense, agora é tempo de viajar para a Áustria. Gustav Klimt deixou-se mover pelos ideais românticos e através do simbolismo, e até da sua irreverência, recriou nas suas obras o contexto histórico-social, da capital austríaca, Viena, e ainda se deixou levar pelo romantismo dourado.

Um impressionista e um simbolista juntos numa exposição que promete. O contraste artístico encontra-se presente nas furnas da Alfândega do Porto, até ao dia 9 de Janeiro, de 2022.
 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Joaquim Filipe: a celebração da vida

 

Joaquim Filipe completou 78 anos de idade. 78 anos de trabalho, 78 anos de dedicação ao próximo, 78 anos de vida. Um número nobre e que merece ser assinalado. Familiares, amigos e parceiros de negócios aproveitaram a data festiva e, num almoço no restaurante La Montagne, em Limeil-Brevannes, parabenizaram o empresário.

Ler notícia

“Cuidamos das nossas abelhas” no Valle das Corujas: um projeto de apicultura sustentável

 

Hélder Reis é apresentador da RTP e apicultor na sua empresa, Valle das Corujas. Trata-se de uma empresa de apicultura, de produção essencialmente artesanal com venda online em e em lojas por Portugal. Os apiários localizam-se na remota e preservada região de Trás-os-Montes, no Norte de Portugal.

Ler notícia

Conheça o município de Baião: tão perto e tão longe

 

Viver em Baião é sinónimo de qualidade de vida. De vida natural. É estar em permanente contacto com a natureza em estado puro, com o Marão e o Douro, com gentes, saberes e sabores genuínos. Em Baião parta à descoberta do património, dos vinhos e gastronomia inigualáveis. E quem melhor do que o autarca local para apresentar as mais-valias do território de Baião?

Ler notícia