Irmãos Armando Evangelista e Filipe Freitas foram pilares na subida do FC Arouca
01 Aug, 2021 Última Actualização 5:09 PM, 29 Jul, 2021

Irmãos Armando Evangelista e Filipe Freitas foram pilares na subida do FC Arouca

 

Após descer de divisão em 2017, o Arouca caiu no Campeonato de Portugal, subiu em 2020 e garantiu agora nova ascensão à I Liga após vencer o Rio Ave, no playoff de acesso ao principal escalão do futebol nacional. O Arouca voltará a ser a única equipa do distrito de Aveiro a disputar a Primeira Liga.

A equipa que conseguiu o feito foi comandada por Armando Evangelista, treinador que conta com passagens por Vitória SC, Vizela, Varzim, Penafiel e Vilafranquense. Na sua chegada a Arouca, em Maio de 2020, foi recebido por Carlos Pinho com a célebre frase “Não sabes onde te vens meter”.

Armando Evangelista não hesitou na hora de escolher o Arouca como o novo rumo na sua carreira profissional. Até ao momento, assume ter sido o maior desafio da sua carreira. O treinador admitiu que subir logo no primeiro ano ao serviço do Arouca superou as expectativas que podiam ser apontadas aos arouquenses no início da temporada. A verdade é que alcançaram a subida de divisão.

Armando Evangelista partilhou de perto a alegria da subida de divisão com o seu irmão Filipe Freitas, também ele preparador físico da equipa. Filipe Freitas, também com um percurso todo ele ligado à atividade desportiva, tem nos últimos anos, acompanhado o seu irmão na preparação física das equipas. Depois de uma época sem público nas bancadas, Arouca saiu à rua para festejar a subida de divisão e mostrou que sempre estiveram lado a lado com a equipa.

Naturais de Guimarães, Armando Evangelista e Filipe Freitas contam com os laços de sangue para continuarem juntos à procura de novas conquistas.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia