Caminho de Torres foi apresentado no Santuário da Lapa, em Sernancelhe
01 Aug, 2021 Última Actualização 5:09 PM, 29 Jul, 2021

Caminho de Torres foi apresentado no Santuário da Lapa, em Sernancelhe

 

A Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro) promoveu a apresentação pública do projeto Caminho de Torres – Caminho de Santiago. A apresentação teve lugar no Santuário da Lapa, em Sernancelhe. O Caminho de Torres, que liga Salamanca a Santiago de Compostela, tem cerca de 600 quilómetros divididos por 24 etapas, e integra quatro sítios classificados como Património Mundial da Humanidade, centros históricos, património único e uma natureza exuberante.

Em Portugal, o Caminho de Torres atravessa 15 municípios num total de 235 quilómetros. Ao longo de mais de 24 dias, os peregrinos podem desfrutar de um percurso que é diverso e tem identidade própria, que é duro e ao mesmo tempo fascinante, que é desconhecido e afinal tem tantos pontos de interesse para o culto a Santiago. Diego de Torres Villarroel fez o caminho de Santiago em 1737. Dois séculos e meio depois, Luis Quintales renovou o itinerário seguido pelo poeta, adaptando às necessidades das peregrinações atuais. A este trabalho, sucedeu o programa de Valorização Cultural e Turística do Caminho de Torres entre 2017 e 2020, fruto do esforço de cinco comunidades intermunicipais: Douro, Tâmega e Sousa, Ave, Cávado e Alto Minho.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia