De Fábrica de Faianças das Caldas à incontornável marca Bordallo Pinheiro
10 May, 2021 Última Actualização 6:16 PM, 7 May, 2021

De Fábrica de Faianças das Caldas à incontornável marca Bordallo Pinheiro

 

Se há peças decorativas que lhe sabemos a marca apenas pela observação, são as peças Bordallo Pinheiro. Únicas e distintivas. Esta marca nacional é um exemplo da excelência dos produtos portugueses. São produzidas nas Caldas da Rainha, mas chegam a todo o mundo.

Raphael Bordallo Pinheiro foi para as Caldas da Rainha em 1884 tendo aí fundado a sua fábrica. O artista não ficou indiferente aos recursos existentes na cidade: boas matérias-primas e bons ceramistas. Foi a base para dar asas ao seu sonho.

Após a sua morte, foi o filho, Manuel Gustavo, que continuou a sua obra e permitiu que esta tradição cerâmica chegasse aos nossos dias. Em 1920, um grupo de ilustres caldenses, juntamente com operários deram continuidade à empresa até 2008, altura em que foi adquirida pelo grupo Visabeira.

As peças utilitárias e decorativas da marca continuam assim a alimentar o imaginário coletivo nacional e a levar mais longe o prestígio da cultura e da indústria portuguesa. E falamos de peças distintas, únicas e inconfundíveis. Acompanhar o processo produtivo da Bordallo Pinheiro é fazer uma viagem.

Adotando uma postura moderna e empreendedora, a Bordallo Pinheiro desempenha um papel essencial na revitalização, nacional e internacional, da cerâmica portuguesa e do património artístico do fundador da Fábrica de Faianças Artísticas.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Joaquim Pires lamenta perda do chef e amigo Philippe da Silva

 

Philippe da Silva foi o primeiro chef português a receber uma estrela Michelin em França e um dos chefs de cozinha mais emblemáticos da cozinha francesa. Faleceu à cerca de um mês, com 67 anos, depois de dois meses de hospitalização por complicações da Covid -19. O chef português era dono do restaurante “Les Gorges de Pennafort” em Callas, no Sul de França. Nascido no Algarve, desde muito jovem que desenvolveu o gosto pela cozinha, tendo aprendido muito com a sua avó.

 

Ler notícia

Em França, a artista portuguesa Nair Pinto destaca-se na pintura e modelagem

 

Nair Pinto nasceu em Portugal, mais concretamente no concelho de Bragança. Foi para França ainda criança, e aí despoletou o seu interesse pelo desenho e a paixão pela arte. Mas, só mais tarde resolveu dedicar-se à pintura e à modelagem. Hoje, tem o seu atelier em Ozoir-la-Ferrière, nos arredores de Paris, onde dedica uma parte do tempo às suas obras.

Ler notícia

Empresa Forcefer, de Sernancelhe, aposta na "força do ferro" e já conquistou mercado francês

 

A Força do Ferro é a imagem de marca da Forcefer, empresa dedicada à engenharia metalomecânica, que surgiu em 2013, em Sernancelhe.Mostrando uma extraordinária capacidade de perceber as necessidades do setor, a empresa conseguiu rapidamente afirmar-se e ganhar mercado.

Ler notícia

Quinta Dona Adelaide tem nova dinâmica com hotel e spa dedicado ao azeite

 

Em Valpaços, está uma quinta que tem ganho uma nova dinâmica: a Quinta D. Adelaide. A propriedade foi comprada em 2015 por Maria do Céu Gonçalves e Álvaro Lopes. O casal, que também é dono da Quinta da Pacheca, avançou até Trás-os-Montes para desenvolver um conceito diferenciado.

Ler notícia

Clube Jovem: Sandiego leva-nos à praia da Mata, na Costa da Caparica

 

O Clube Jovem da Lusopress esteve, uma vez mais, nas mãos de Sandiego Carvalheira, que nos levou até à praia da Mata, na Costa da Caparica. Desde a fauna, a flora e as atividades que se podem fazer aqui, Sandiego falou das maravilhas desta praia.

Ler notícia