Vista Alegre foi a primeira unidade industrial dedicada à produção de porcelana em Portugal
10 May, 2021 Última Actualização 6:16 PM, 7 May, 2021

Vista Alegre foi a primeira unidade industrial dedicada à produção de porcelana em Portugal

 

Fundada em 1824, a Fábrica de Porcelana da Vista Alegre foi a primeira unidade industrial dedicada à produção da porcelana em Portugal. Para a fundação e sucesso deste arriscado empreendimento industrial foi determinante o espírito de persistência do seu fundador, José Ferreira Pinto Basto.

Mais do que um espaço fabril, a Vista Alegre é hoje um conjunto arquitetónico de inegável interesse, repositório de memórias sociais e artísticas fundamentais para a construção de uma identidade nacional. Dotada das mais modernas tecnologias de produção, a fábrica de porcelana possui também 17 pintores manuais, responsáveis pela decoração das peças.

A combinação de estilos que a marca oferece, dos mais clássicos aos mais contemporâneos, adequa-se a um perfil de consumidores alargado. As linhas da Vista Alegre herdeiras de uma longa tradição cultural convivem com uma forte componente moderna, traduzida em inúmeras propostas assinadas por reputados criadores internacionais.

Como marca de prestígio que é, já foram muitos os prémios e reconhecimentos recebidos. Conservar e guardar a memória da produção da porcelana artística da Vista Alegre foi tradição na fábrica, inerente ao prestígio que a marca alcançou ao longo do século XIX.

Apesar de, desde o início da sua produção, ter colecionado os melhores exemplares, o primeiro museu organizado data de 1947 e foi instalado no palácio, junto da Capela da Vista Alegre. Em 1964 o museu foi ampliado e aberto ao público, mudando para os edifícios antigos da fábrica, local com espaço para alojar o espólio de peças de porcelana, documentos e desenhos. Estas instalações foram renovadas em 2001.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Joaquim Pires lamenta perda do chef e amigo Philippe da Silva

 

Philippe da Silva foi o primeiro chef português a receber uma estrela Michelin em França e um dos chefs de cozinha mais emblemáticos da cozinha francesa. Faleceu à cerca de um mês, com 67 anos, depois de dois meses de hospitalização por complicações da Covid -19. O chef português era dono do restaurante “Les Gorges de Pennafort” em Callas, no Sul de França. Nascido no Algarve, desde muito jovem que desenvolveu o gosto pela cozinha, tendo aprendido muito com a sua avó.

 

Ler notícia

Em França, a artista portuguesa Nair Pinto destaca-se na pintura e modelagem

 

Nair Pinto nasceu em Portugal, mais concretamente no concelho de Bragança. Foi para França ainda criança, e aí despoletou o seu interesse pelo desenho e a paixão pela arte. Mas, só mais tarde resolveu dedicar-se à pintura e à modelagem. Hoje, tem o seu atelier em Ozoir-la-Ferrière, nos arredores de Paris, onde dedica uma parte do tempo às suas obras.

Ler notícia

Empresa Forcefer, de Sernancelhe, aposta na "força do ferro" e já conquistou mercado francês

 

A Força do Ferro é a imagem de marca da Forcefer, empresa dedicada à engenharia metalomecânica, que surgiu em 2013, em Sernancelhe.Mostrando uma extraordinária capacidade de perceber as necessidades do setor, a empresa conseguiu rapidamente afirmar-se e ganhar mercado.

Ler notícia

Quinta Dona Adelaide tem nova dinâmica com hotel e spa dedicado ao azeite

 

Em Valpaços, está uma quinta que tem ganho uma nova dinâmica: a Quinta D. Adelaide. A propriedade foi comprada em 2015 por Maria do Céu Gonçalves e Álvaro Lopes. O casal, que também é dono da Quinta da Pacheca, avançou até Trás-os-Montes para desenvolver um conceito diferenciado.

Ler notícia

Clube Jovem: Sandiego leva-nos à praia da Mata, na Costa da Caparica

 

O Clube Jovem da Lusopress esteve, uma vez mais, nas mãos de Sandiego Carvalheira, que nos levou até à praia da Mata, na Costa da Caparica. Desde a fauna, a flora e as atividades que se podem fazer aqui, Sandiego falou das maravilhas desta praia.

Ler notícia