Cataratas do Iguaçu: uma experiência única e inesquecível
01 Mar, 2021 Última Actualização 11:13 AM, 1 Mar, 2021

Cataratas do Iguaçu: uma experiência única e inesquecível

 

É um conjunto de 275 quedas de água e considerado Património Natural da Humanidade e uma das novas Sete Maravilhas da Natureza. As Cataratas do Iguaçu estão localizadas no parque Nacional do Iguaçu, no Estado brasileiro do Paraná, na região sul do país, e também no Parque Nacional Iguazú, em Misiones, já no país vizinho Argentina. 

 Sendo uma das grandes atrações turísticas da região sul do Brasil, o Parque Nocional do Iguaçu, onde se encontram as cataratas recebeu só, em 2019, mais de 2 milhões de turistas. A visita começa num parque, em que, a partir daí, os visitantes deslocam-se alguns quilómetros em autocarros, que os direcionam às quedas de água. É aí que tem início uma bela jornada emocionante ao encontro da fauna e da flora do parque.

 Um dos principais moradores do parque são os Quatis, uns simpáticos animais que habitam o parque e que fazem parte da paisagem do local. Sendo umas das principais atrações dentro do parque, as Cataratas do Iguaçu são um espetáculo de quedas de água, espalhado ao longo de dois quilómetros e 700 metros de extensão.

 A mais impressionante de todas as quedas das Cataratas do Iguaçu desagua em formato de U, tem mais de 80 metros de altura e é conhecida como a Garganta do Diabo. Fica exatamente na divisão entre o Brasil e a Argentina.

 O volume da água e velocidade da queda promovem um dos mais belos espetáculos da natureza ... encantando assim todos os turistas que ali chegam e podem chegar bem perto à Garganta do Diabo através de uma passagem bem perto das quedas.

As Cataratas do Iguaçu têm uma energia única e inexplicável, sendo um dos destinos turísticos brasileiros mais bem estruturados do país. Impressiona pela sua biodiversidade e pelas suas paisagens inesquecíveis. A Lusopress convida a conhecer as Cataratas do Iguaçu. Aventure-se por um dos cenários mais belos e incríveis do mundo.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Especial região do Minho: Fundação Santoinho preserva a tradição e património cultural minhoto

 

O Santoinho nasceu em 1972 pelas mãos de António Cunha, empreendedor no sector do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho. Desta forma, os turistas podiam levar consigo uma experiência única das tradições gastronómicas, populares, culturais e etnográficas da região, não só como visitantes mas acima de tudo como participantes.

Ler notícia

“As memórias da minha terra”: um olhar sobre Vale de Cambra pela voz de Arlindo dos Santos

 

É sobre o lema “unindo os Portugueses” e mostrando o que Portugal tem de melhor, que a Lusopress irá lançar um novo projeto: o Lusopress Book. A 1ª edição do livro irá ser lançada em 2021. Trata-se de um guia de qualidade de alguns municípios portugueses, com uma panorâmica geral de cada região. O objetivo é divulgar as características do património natural e arquitetónico, contando a história de cada destino, sejam cidades, vilas ou aldeias. 

Ler notícia

Especial região do Minho: “Joaquinzinho” das bicicletas é um histórico acordeonista

 

Joaquim Barreiros, histórico acordeonista de Vila Praia de Âncora e pai do popular cantor Quim Barreiros. Tem 102 anos, e uma vida repleta de histórias. É filho de uma professora que veio lecionar para Riba de Âncora, Joaquim veio com mãe do Brasil com oito anos, após a morte do pai que era natural de Covas, em Vila Nova de Cerveira.

Ler notícia

Serip Groupe, de Joaquim Pires, está a investir em Portugal

 

Para além de Cônsul Honorário de Portugal em Nice, Joaquim Pires destaca-se na comunidade portuguesa do sul de França pelo seu empreendedorismo. É o rosto máximo da Serip Group, uma holding especializada na construção e promoção de moradias de luxo.

Ler notícia

Embaixador Jorge Torres Pereira em entrevista: eleições, Covid-19 e presidência portuguesa da UE

 

Três anos passados desde o início de funções em França, o Embaixador Jorge Torres Pereira abriu as portas à Lusopress, e vários foram os pontos em conversa.

Ler notícia