Hotel Rural Casa dos Viscondes da Várzea: a simbiose entre tranquilidade e tradição
12 May, 2021 Última Actualização 8:50 AM, 12 May, 2021

Hotel Rural Casa dos Viscondes da Várzea: a simbiose entre tranquilidade e tradição

 

Numa nova viagem da Lusopress, um novo ponto que vale a pena ser visitado. Paramos em Lamego, mais concretamente no Hotel Rural Casa dos Viscondes da Várzea.

O sonho de recuperar a propriedade esteve sempre presente na vida de Maria Manuel Cyrne. De 14 quartos iniciais, hoje a capacidade do hotel estende-se aos 40. Apesar do crescimento, é o espírito familiar que reina na unidade hoteleira. Situa-se em pleno Douro, inserida numa paisagem artística e variada onde a natureza convive com estilos românico e gótico-manuelino. Ao atravessar os portões brasonados da Quinta da Várzea, sente-se desde logo a magia de um lugar que promete momentos inesquecíveis.O hotel revela-se uma escolha única onde o contexto natural e a tradicional hospitalidade criam uma mistura mágica para regenerar o corpo, a mente e o espírito. E é nesse sentido que os projetos nunca param. Para quem procura um sítio relaxante e tranquilo para ficar, este é o local certo. De Lamego, mas de portas abertas ao mundo, o Hotel Rural Casa dos Viscondes da Várzea espera por si.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Joaquim Pires lamenta perda do chef e amigo Philippe da Silva

 

Philippe da Silva foi o primeiro chef português a receber uma estrela Michelin em França e um dos chefs de cozinha mais emblemáticos da cozinha francesa. Faleceu há cerca de um mês, com 67 anos, depois de dois meses de hospitalização por complicações da Covid -19. O chef português era dono do restaurante “Les Gorges de Pennafort” em Callas, no Sul de França. Nascido no Algarve, desde muito jovem que desenvolveu o gosto pela cozinha, tendo aprendido muito com a sua avó.

Ler notícia

Em França, a artista portuguesa Nair Pinto destaca-se na pintura e modelagem

 

Nair Pinto nasceu em Portugal, mais concretamente no concelho de Bragança. Foi para França ainda criança, e aí despoletou o seu interesse pelo desenho e a paixão pela arte. Mas, só mais tarde resolveu dedicar-se à pintura e à modelagem. Hoje, tem o seu atelier em Ozoir-la-Ferrière, nos arredores de Paris, onde dedica uma parte do tempo às suas obras.

Ler notícia

Empresa Forcefer, de Sernancelhe, aposta na "força do ferro" e já conquistou mercado francês

 

A Força do Ferro é a imagem de marca da Forcefer, empresa dedicada à engenharia metalomecânica, que surgiu em 2013, em Sernancelhe.Mostrando uma extraordinária capacidade de perceber as necessidades do setor, a empresa conseguiu rapidamente afirmar-se e ganhar mercado.

Ler notícia