Casa da Prisca é o resultado da tradição, do bem-fazer e do amor à gastronomia e produtos da terra
28 Jul, 2021 Última Actualização 3:45 PM, 25 Jul, 2021

Casa da Prisca é o resultado da tradição, do bem-fazer e do amor à gastronomia e produtos da terra

 

É na aldeia de Freches, em Trancoso, que nasce uma bonita história do bem saber-fazer das mais genuínas tradições portuguesas. É aqui também que começa a viagem de Agostinho Santos. A Casa da Prisca é hoje o resultado da tradição e bem-fazer, do amor à gastronomia e aos produtos da terra, enraizados na família Santos desde 1917. De pais para filhos, ao longo de quatro gerações, foram transmitidos os ensinamentos e o prazer de transformar as melhores carnes, frutas e legumes. O que começou numa simples comercialização de carne de porco, enchidos e presuntos nas feiras e mercados da região, hoje o nome Prisca vai muito mais além. Durante a década de 90 a Prisca consolidou a sua marca, com a criação da fábrica em Trancoso e com a internacionalização dos seus produtos. Em 2004 assumiu uma mudança estratégica fulcral ao definir o lançamento da linha de compotas. A Casa da Prisca foi ainda o vencedor do prémio Heróis PME, indicador de trabalho bem feito, sempre pelo melhor caminho. Inovação é o que distingue a marca Prisca e, por isso, a maior preocupação é dar resposta às necessidades do consumidor.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia