Salão Maison&Objet 2020: Exportação portuguesa atinge valores históricos
28 Jul, 2021 Última Actualização 3:45 PM, 25 Jul, 2021

Salão Maison&Objet 2020: Exportação portuguesa atinge valores históricos

 

Foram 115 as empresas portuguesas que marcaram presença na primeira edição de 2020, do salão bianual do imobiliário e decoração “Maison & Objet”. Durante quatro dias, vários visitantes percorreram os 130 mil m² de área coberta, do Parque de Exposições de Villepinte, em Paris. O Secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Neves, também esteve presente e valorizou o posicionamento empresarial português no mercado a nível internacional, afirmando que é essencial o equilíbrio dos salários nacionais com essa excelência dos artigos produzidos.  Nesta exposição, dedicada à mostra de produtos do sector casa, é visível a crescente valorização de Portugal no estrangeiro, pelo consequente aumento dos níveis de exportação, quer seja no mobiliário, iluminação ou nos artigos decorativos. Assim o garante Nuno Barra, administrador do grupo Vista Alegre, a marca de porcelanas portuguesas mais antiga do país. Também a marca portuguesa de luxo Serip foi uma das que compareceu no certame. Os seus produtos, feitos a partir de bronze e vidro, enfeitam locais como The Simpsons Restaurant, em Londres, ou casas como a da cantora norte-americana Christina Aguilera e do designer de moda alemão Philipp Plein, levando o nome de Portugal  além-fronteiras. O seu responsável frisou a crescente valorização das peças portuguesas no estrangeiro. Neste certame que recebe cerca de 80 mil visitantes a cada edição, é cada vez mais elogiada a presença portuguesa. De ano para ano, o número de empresas participantes aumenta posicionando, assim, Portugal no grupo dos principais países exibidos no evento. 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia