Do Porto para o mundo, os sapatos Catarina Martins são exemplo da excelente produtividade portuguesa
28 Jul, 2021 Última Actualização 3:45 PM, 25 Jul, 2021

Do Porto para o mundo, os sapatos Catarina Martins são exemplo da excelente produtividade portuguesa

 

Paulo Martins tem uma vida dedicada ao setor do calçado. Aos 16 anos ingressou na escola do centro de formação profissional da indústria do calçado. Com o curso de modelista terminado, foi em São João da Madeira que começou a trabalhar no sector. Ao longo dos anos, desenvolveu inúmeros coleções para marcas, e sempre numa base de exportação. O sucesso do seu trabalho garantiu-lhe know-how e experiência e o desejo de ter a sua própria marca.

Foi assim que surgiu a marca Catarina Martins Shoes, em 2003. A assinatura de Catarina Martins é vintage mas fresca, contemporânea mas arrojada. É criada uma assinatura de couros tingidos e lavados à mão, dando a Catarina Martins uma identidade reconhecível. Os fornecedores e parceiros de fabrico da Catarina Martins são escolhidos manualmente pelas décadas de artesanato e atenção aos detalhes.

A marca está hoje, e cada vez mais, a chegar aos quatro cantos do mundo. Paulo Martins não deixa esconder a paixão pelos sapatos, que considera ser um produto tipicamente português. A filosofia da marca "Life is too short to take a nap" encarna a urgência em inovação contínua, atenção aos detalhes e resposta dinâmica a um mercado em constante mudança. Com qualidade garantida, as atenções estão agora apontadas em novas estratégias de comercialização.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia