LAZER
07 Mar, 2021 Última Actualização 5:29 PM, 6 Mar, 2021

Jipes 4x4 invadiram Cunha

 

Não foi preciso uma “cunha” para fazer parte do espírito aventureiro que se viveu num dia todo ele dedicado aos amantes dos jipes 4x4. A Associação Cultural e Desportiva dos Janetos accionou as sirenes da aldeia da Cunha e os aficionados responderam à chamada sem hesitar.

Cunha é uma freguesia de Sernancelhe, distrito de Viseu, e as suas paisagens são o melhor exemplo de uma relação privilegiada com a natureza.

Dancefloor 2018: quase a abrir a maior pista de dança do país

 

Já falta pouco para o Estádio de Leiria voltar a ser a maior pista de dança do país. Pelo quarto ano, é aqui que se vai realizar o Dancefloor, um festival que se assume cada vez mais como um evento de referência no panorama da música eletrónica em Portugal. O evento tem crescido de ano para ano e 2018 promete ser, ainda melhor. Tiago Martins desvendou à Lusopress, as principais novidades.

Fernando Mendes encerrou a digressão da peça Noivo por Acaso em Paris

 

No mesmo dia em que o meio de comunicação social português radicado em França - Lusopress - apresentou a terceira edição do livro “10 Nomes 10 Histórias”, Fernando Mendes subiu ao palco do Théâtre des Hauts-de-Seine, em Puteaux, para encerrar a digressão da peça “Noivo por Acaso”.

Este ano o actor e apresentador português foi um dos protagonistas do livro publicado anualmente pela Revista e Web.tv dedicada às Comunidades Portuguesas espalhadas pelo mundo, por isso, Fernando Mendes decidiu também fazer o último espectáculo da peça de teatro ao lado dos emigrantes residentes em França.

“Noivo por Acaso” percorreu várias cidades portuguesas durante dois anos, enchendo todas as salas de espectáculos. Em Paris não foi excepção.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

André Ventura em entrevista: balanço das presidenciais 2021 e a importância das comunidades

 

Licenciado e Doutor em Direito, André Ventura foi professor universitário, bem como consultor de diversas empresas na área jurídica. Lançou o projeto político do Chega no final de 2018, sendo reconhecido como o 24º partido português em Abril de 2019 pelo Tribunal Constitucional.

Ler notícia

Especial região do Minho: Quim Barreiros está há 50 anos a levar alegria ao povo português

 

Seja “A Garagem da Vizinha”, “A Cabritinha” ou “Bacalhau à Portuguesa”, todos os portugueses sabem trautear alguma música do conhecido cantor popular Quim Barreiros. Nascido e criado em Vila Praia de Âncora, Quim Barreiros está a celebrar meio século de careira. Foi em 1971, há 50 anos, que editou a primeira música gravada.

Ler notícia

Especial região do Minho: Fundação Santoinho preserva a tradição e património cultural minhoto

 

O Santoinho nasceu em 1972 pelas mãos de António Cunha, empreendedor no sector do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho. Desta forma, os turistas podiam levar consigo uma experiência única das tradições gastronómicas, populares, culturais e etnográficas da região, não só como visitantes mas acima de tudo como participantes.

Ler notícia

“As memórias da minha terra”: um olhar sobre Vale de Cambra pela voz de Arlindo dos Santos

 

É sobre o lema “unindo os Portugueses” e mostrando o que Portugal tem de melhor, que a Lusopress irá lançar um novo projeto: o Lusopress Book. A 1ª edição do livro irá ser lançada em 2021. Trata-se de um guia de qualidade de alguns municípios portugueses, com uma panorâmica geral de cada região. O objetivo é divulgar as características do património natural e arquitetónico, contando a história de cada destino, sejam cidades, vilas ou aldeias. 

Ler notícia

Especial região do Minho: “Joaquinzinho” das bicicletas é um histórico acordeonista

 

Joaquim Barreiros, histórico acordeonista de Vila Praia de Âncora e pai do popular cantor Quim Barreiros. Tem 102 anos, e uma vida repleta de histórias. É filho de uma professora que veio lecionar para Riba de Âncora, Joaquim veio com mãe do Brasil com oito anos, após a morte do pai que era natural de Covas, em Vila Nova de Cerveira.

Ler notícia