INFORMAÇÃO
02 Dec, 2021 Última Actualização 11:28 AM, 1 Dec, 2021

Investigadores e estudantes portugueses no estrangeiro organizam debate em Bruxelas

 

Chama-se Nónio, inspirado pelo instrumento de medição inventado pelo matemático português Pedro Nunes e pretende reunir investigadores e estudantes universitários portugueses na Bélgica e Luxemburgo num encontro anual.

O primeiro debate organizado pela Associação APEIBELUX realizou-se no passado dia 6 de dezembro na Embaixada de Portugal em Bruxelas e focou-se no fenómeno da Fuga de Cérebros.

A Associação Portuguesa de Estudantes e Investigadores na Bélgica e Luxemburgo pretende seguir o exemplo de outras organizações espalhadas pelo mundo e representar os interesses da nova Diáspora qualificada da Comunidade Portuguesa.

Associação Portuguesa apoia Théléton

 

Este ano os voluntários da organização tricotaram em peças de 10cm todo o comprimento da Avenida dos Portugueses em Paris, completando um total de 110 metros. Durante a noite várias voluntárias tricotaram na redacção da rádio e deram o seu contributo para esta acção de recolha de fundos.

No final venderam a Avenida de Portugal, uma da ruas da capital francesa, por um valor simbólico. Suzette Fernandes é vice-presidente da associação E3M e uma das parceiras desta iniciativa do Théléton.

Em entrevista à Lusopress explicou como surgiu a ideia de vender a Avenida dos Portugueses e de como este fundos podem ajudar pessoas que sofrem com doenças raras no seu tratamento e também investigação..

António Pí­faro trabalhou e contribui para o crescimento da empresa DSA criada por um português

 

António Pifero foi até ao Grupo luso-francês DSA, sediado em Massy, para entregar alguns papéis, mas foi surpreendido com uma recepção preparada pelos colaboradores da empresa. Durante 20 anos, o funcionário trabalhou e contribui para o crescimento da firma criada por um português em França e, na hora da despedida, o seu empenho foi homenageado. O momento emotivo foi partilhado com o Presidente da DSA, Arlindo dos Santos, que em entrevista à Lusopress sublinhou a importância deste colaborador.

O Sabor do Saber Alentejano

 

O Sabor do Saber Alentejano tem sido o porta-estandarte de uma casa que ocupa um lugar de destaque a nível nacional e internacional.

Sediada em Estremoz, no distrito de Évora, a empresa proporciona aos seus clientes o verdadeiro sabor dos produtos alentejanos.

Da simpática cidade estremocense para o mundo, a SEL potencia a identidade de uma região e coloca o nome de Portugal como uma referência além-fronteiras.

Grupo Luso-Francês DSA festejou 30 anos de existência

 

A DSA foi criada em 1987 e é dirigida pelo empresário português Arlindo dos Santos. Actualmente o grupo é considerado um líder em França no mercado do revestimento e renovação de fachadas, dando trabalho diariamente a 650 pessoas. No passado dia 21 de abril a empresa assinalou 30 anos de existência, inaugurando as novas instalações em Massy. O Presidente do grupo cresceu no norte de Portugal, no Concelho de Vale de Cambra, mas tal como muitos portugueses, veio para França ainda jovem. Em abril de 1987 decidiu fundar uma empresa, aventurou-se por conta própria e fundou a DSA. Em 30 anos a empresa de construção cresceu muito, mas Arlindo dos Santos não mudou praticamente. Continua a ser o mesmo homem “humilde”, “honesto”, que deixou o país para procurar melhores condições de vida. No dia em que assinalou o aniversário da sua empresa, vários amigos fizeram questão de sublinhar o seu “trabalho” e “personalidade” e a Lusopress acompanhou a festa.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Academia do Bacalhau de Paris destaca o sucesso da campanha Roupa sem Fronteiras 2021

 

Amizade, Portugalidade e Solidariedade. É este o espírito da Academia do Bacalhau de Paris. Aqui, a solidariedade não tem fronteiras. O mote foi, uma vez mais, ajudar quem mais precisa. E assim se deu asas a mais uma campanha do projeto Roupa sem Fronteiras.

Ler notícia

Noite de fados regressou à sala Vasco da Gama

 

 A sala Vasco da Gama, em Valenton, voltou a acolher mais uma noite de fado, depois de uma paragem em virtude da situação pandémica.  A mítica sala voltou a receber três grandes artistas portugueses de fado, António Pinto Basto, Mafalda Arnauth e Mara Pedro. O jantar espetáculo abriu com uma homenagem ao falecido fadista e padrinho da sala Vasco da Gama Carlos do Carmo. Foi em 1997 que o artista fez o primeiro concerto nesta sala.

Ler notícia

Parabéns Lusopress, 16 anos a unir os portugueses!

Ritmo e cor não faltaram ao 16ª aniversário da Lusopress.

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Subscreva a nossa Newsletter