Portugueses de Valor 2020 - Nomeado António Joaquim Lopes
17 Sep, 2021 Última Actualização 8:51 AM, 17 Sep, 2021

Portugueses de Valor 2020 - Nomeado António Joaquim Lopes

 

António Joaquim Lopes nasceu e viveu a sua infância na aldeia de Santa Comba, em Vila Nova de Foz Côa. É de origem de uma família pobre e, por essa razão, foi obrigado a sair da escola com apenas nove anos de idade para ir guardar as ovelhas no campo. “Ganhava 30 escudos por mês”, conta. As possibilidades na aldeia eram poucas e os mais velhos tinham de trabalhar para ajudar a criar os mais novos, sendo o caso de António Joaquim Lopes.
Só saiu da aldeia para cumprir o serviço militar em Angola, estando na guerra durante 27 meses. Ao regressar à terra, decide emigrar para França em busca de uma vida melhor. Aprendeu e trabalhava numa profissão que lhe permitiu arranjar umas económicas. “Decidi, por isso, investir num restaurante na Cruz Quebrada, em Lisboa”. Juntamente com a esposa, também de Santa Comba, tiveram de abandonar França e tinham no restaurante uma hipótese de uma nova vida. Sem perceber nada de restauração, António Joaquim Lopes viu-se abraçava uma nova vida com o seu restaurante na Cruz Quebrada. “Tive a felicidade de o restaurante ser perto da Universidade de Educação Física, a única que existia no país e o único centro de estágio que havia na altura. Não percebia nada de restauração, mas adaptei-me, fui vendo como é que os profissionais faziam e venci. Tive noites sem ir à cama, mas consegui vencer”. Começou na restauração em 1974, estando nesse restaurante durante 20 anos consecutivos. Posteriormente, adquiriu um novo restaurante em Algés, onde aqui concentra toda a sua família a trabalhar há 25 anos. Faz ainda parte do Lar de Santa Comba, tendo sido convidado para trabalhar e ajudar a desenvolver a instituição, “porque os velhinhos precisam muito. Está num sítio rural onde as pessoas têm baixas reformas e é preciso ajudar”. Apesar de ter começado a trabalhar em França, é a Portugal que pertence e onde gosta de estar. “Para mim ser português é desenvolvermos o nosso país, a nossa terra. A frança ajudou-me a começar uma vida, mas é aqui que eu quero viver, é o nosso sol, é aqui que eu gosto de trabalhar. Sou 100% patriota”. A todos os portugueses que se encontram espalhados pelo mundo, António Joaquim Lopes lembra que é em Portugal que devem investir, trabalhar e fazer pela vida.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

À conversa com João Pinharanda, ex-conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em França

 

João Pinharanda nasceu em Moçambique, mas foi em Portugal que se formou em História e, enveredou pela História da Arte. Trabalhou como jornalista e especialista em arte em algumas publicações nacionais e foi peça crucial na fundação do Museu de Arte Contemporânea de Elvas.

Ler notícia

Maison & Objet 2021 regressou e teve assinatura portuguesa

 

O setor da moda e da casa ganharam novo ânimo no mês de Setembro. A Feira Internacional Maison & Objet esteve de volta e os profissionais do universo decorativo viram as atenções para o evento mais importante do ano. São vários os salões que acolheram a iniciativa, locais onde não faltam detalhes decorativos para ajudá-lo a ter novas ideias.

Ler notícia

Eleições Autárquicas 2021 com Marques Mendes

 

 A 1 de Outubro de 2017, as eleições autárquicas ficavam a conhecer o seu veredito final. Em disputa estavam 308 presidentes de câmaras municipais, respetivos vereadores e assembleias municipais. O resultado foi expressivo. o PS alcançou 37,82% dos votos. Uma vitória gorda que deixou à fome o seu oponente direto, o PSD, que não foi além dos 16,07 %. 

Ler notícia

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Siga-nos

                  

Subscreva a nossa Newsletter