Portugueses de Valor 2021: Nomeado Diogo Mateus
19 Sep, 2021 Última Actualização 8:51 AM, 17 Sep, 2021

Portugueses de Valor 2021: Nomeado Diogo Mateus

 

Luís Diogo de Paiva Morão Alves Mateus, nasceu no ano de 1969 em Luanda, Angola. Apesar de ter nascido em território africano, veio para Lisboa apenas com um ano de idade, tendo aqui passado toda a sua infância e juventude. Tem três irmãos, e recorda-se de com eles passar bons momentos numa propriedade da família situada na zona de Lisboa, onde essencialmente andavam a cavalo e disfrutavam de um ambiente de quinta e de liberdade.

Diogo Mateus fez toda a escolaridade em Lisboa, só indo para Pombal mais tarde. A sua primeira atividade remunerada foi na promoção do sucesso educativo, ligado ao Município de Pombal, num programa de promoção do sucesso educativo, no final dos anos 80, em escolas de primeiro ciclo. Depois, fez várias coisas. “Tive uma empresa de publicidade que explorava os mupis da cidade, fui carteiro em 1991, e tudo antes de ir para a faculdade”.

Diogo Mateus entrou na Câmara de Pombal para substituir outro vereador, e aí começou um trabalho intenso, na altura com o presidente Narciso Mota. Em 2002 saiu para se candidatar a presidente da Junta de Freguesia de Pombal, onde presidiu durante quatro anos. Regressou ao Município em 2005 para o lugar de vice-presidente até 2013. Desde então, assume as funções como presidente de câmara, em vigor até outubro de 2021.

Dos sonhos de criança, destaca o querer ser calceteiro ou astronauta. “Acho que os sonhos de criança nunca os conseguimos atingir”. Hoje, não tem nenhum sonho em particular. Encontra-se a desempenhar os últimos meses como presidente de câmara. “Saio porque quero fazer outras coisas, por exemplo ter uma vida espiritual mais intensa”. Para si, o trabalho é essencial. “Realizo-me muito a trabalhar. Como tenho 28 anos de vida pública, destaco também o exemplo no cumprimento das minhas funções”.

Sempre procurou não desequilibrar a função de presidente em relação às associações, mas sempre foi cultivando a vida associativa. “Fui presidente da associação de estudantes de Pombal, quando se tratou da legalização da associação em 1987, em que era uma grande luta da altura do movimento juvenil. Em Pombal estive ligado à fundação da associação de promoção de hábitos de vida saudável, e fui membro fundador da associação Aurora, de defesa do ambiente, e ainda fundador e sócio número 1 da associação de produtores florestais de Pombal. Mantenho uma ligação à Santa Casa da Misericórdia de Pombal. Tenho trabalho diverso espalhado por várias entidades e recentemente, enquanto autarca, destaco a associação dos caminhos de Fátima, para tirar os peregrinos na estrada nacional nº 1”.

Para si, ser português “significa ter uma responsabilidade na história do mundo e um papel que há centenas de anos temos vindo a fazer. Hoje, percebemos que continuamos a ter portugueses em todos os locais do mundo, que nunca se esquecem da nossa cultura. Portugal é a nossa casa, onde nos sentimos bem, e que tem um conjunto de valores que nos dão identidade e sentido de pertença”.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

À conversa com João Pinharanda, ex-conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em França

 

João Pinharanda nasceu em Moçambique, mas foi em Portugal que se formou em História e, enveredou pela História da Arte. Trabalhou como jornalista e especialista em arte em algumas publicações nacionais e foi peça crucial na fundação do Museu de Arte Contemporânea de Elvas.

Ler notícia

Maison & Objet 2021 regressou e teve assinatura portuguesa

 

O setor da moda e da casa ganharam novo ânimo no mês de Setembro. A Feira Internacional Maison & Objet esteve de volta e os profissionais do universo decorativo viram as atenções para o evento mais importante do ano. São vários os salões que acolheram a iniciativa, locais onde não faltam detalhes decorativos para ajudá-lo a ter novas ideias.

Ler notícia

Eleições Autárquicas 2021 com Marques Mendes

 

 A 1 de Outubro de 2017, as eleições autárquicas ficavam a conhecer o seu veredito final. Em disputa estavam 308 presidentes de câmaras municipais, respetivos vereadores e assembleias municipais. O resultado foi expressivo. o PS alcançou 37,82% dos votos. Uma vitória gorda que deixou à fome o seu oponente direto, o PSD, que não foi além dos 16,07 %. 

Ler notícia

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Siga-nos

                  

Subscreva a nossa Newsletter