Portugueses de Valor 2021: Nomeado Rui Pedro Moreira
01 Aug, 2021 Última Actualização 5:09 PM, 29 Jul, 2021

Portugueses de Valor 2021: Nomeado Rui Pedro Moreira

 

Rui Pedro Moreira nasceu na cidade de Matosinhos em 1970. As suas recordações de infância estão sempre associadas aos sentidos: “lembro-me de quando nós torrávamos o café, do cheiro e do aroma acabado de torrar”. Rui licenciou-se na Universidade Católica Portuguesa, em Gestão de Empresas. Quando terminou a licenciatura, trabalhou em auditoria aproximadamente dois anos, tendo depois iniciado a sua actividade na Casa Angola, onde se mantém até hoje.

A Cada Angola foi criada em 1932 pelo seu avô, sendo inicialmente conhecida por “Casa do Café de Angola”, altura em que começou uma viagem familiar no mundo empresarial, continuada e renovada pelos seus descendentes, presentemente na terceira geração. Paralelamente à gestão da Casa Angola, Rui Pedro Moreira é o presidente do Conselho Fiscal da ANCEVE, a Associação Nacional dos Exportadores de Bebidas e, na medida do possível, tenta manter algumas actividade no âmbito da cooperação e do associativismo.

Para si, os sonhos sempre se confundiram com os hobbys. É um adepto confesso da natureza e, por isso, as questões ambientais sempre fizeram parte da sua vida, gostando de agricultura e jardinagem. Actividades que pratica como descompressor da actividade do dia-a-dia. O facto de trabalhar numa empresa familiar, há valores muito associados a essa própria cultura que faz questão de manter, como a amizade e o respeito. “Valores muito presentes aqui na empresa e é isso que faz a diferença.

Mesmo no mundo dos negócios, mesmo que não estejamos com seriedade e proximidade, os negócios passam a ser muito frios. Sentimos a necessidade de construir amizade no mundo dos negócios porque acaba por dar muito mais prazer”, revela. A solidariedade não lhe passa ao lado e faz mesmo parte da política da empresa não haver desperdício. “Frequentemente apoiamos o Banco Alimentar, anualmente são mais de duas toneladas”.

Para si, ser português é um prazer. “O tipo de profissão que tenho, permite-me viajar muito por todo o mundo e é fantástico ver a presença portuguesa nos cantos mais inimagináveis, desde a Ásia, África e Américas. É interessante ver que não existem anticorpos em relação aos portugueses. Marcamos presença em muitos territórios, deixamos ficar a nossa herança e mantemos uma relação de proximidade com esses países todos. Orgulho-me de termos uma cultura aberta a todos os povos”.

Como português que é, sente que cada um é um Embaixador de Portugal. “Onde quer que estejamos é importante valorizar a cultura, a gastronomia e que cada um de nós seja um exemplo do nosso bem-receber e hospitalidade. É isso que tem feito dos portugueses um sucesso por toda a parte do mundo”.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Recorde a última entrevista de Otelo Saraiva de Carvalho à Lusopress

 

Otelo Saraiva de Carvalho, militar e estratego do 25 de Abril de 1974, morreu hoje de madrugada aos 84 anos, no hospital militar, disse à Lusa Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Ler notícia

Vai uma fogaça?

 

Das muralhas do Castelo de Santa Maria da Feira para a cidade existe um pacto vitalício: todos os feirenses terão que comer um pão doce para curar doenças.

Ler notícia

Conheça Bragança: uma experiência única e cheia de lugares ímpares

 

Falar de Bragança seria uma conversa interminável, começou por dizer Hernâni Dias, presidente da câmara municipal desde 2013. Apaixonado pela sua cidade, foi também de forma apaixonada que nos falou das principais características brigantinas.

Ler notícia