Portugueses de Valor 2021: Nomeado Armandino Pereira
01 Mar, 2021 Última Actualização 11:13 AM, 1 Mar, 2021

Portugueses de Valor 2021: Nomeado Armandino Pereira

 

Foi em Melgaço que nasceu Armandino Lourenço Pereira, a 28 de Janeiro de 1964. Dividiu a sua infância entre Portugal e França, país para onde partiu com dez anos de idade.

De Portugal recorda até hoje o 25 de Abril, acontecimento que o marcou particularmente. Foi precisamente nesse ano que partiu para solo gaulês. Começou a trabalhar cedo, para o irmão que tinha uma empresa no Sul de França. A sua vida profissional ficaria associada à construção de casas individuais, tendo começado nesta área numa empresa onde conseguiu chegar a condutor de trabalho. Posteriormente, já noutra empresa, chegou a chefe, até 2001, anos em que decidiu abrir a sua própria empresa - a Maison Prisme, também ela dedicada à construção de casas individuais.

Ao longo da sua vida, dá valor à justiça, às seriedade, humildade e à palavra. “É importante pagarmos a tempo e horas, e por isso tenho parceiros que trabalham comigo há mais de 20 anos”. Também a vertente mais solidária não fica de lado na vida de Armandino Pereira. “Ajudei durante muito tempo uma instituição que cuidava de crianças mal tratadas pelos pais. Hoje, essa associação já não existe, mas continua a colaborar com pedidos locais, nomeadamente no que diz respeito à polícia e bombeiros”, conta.

Para si, ser português é um orgulho. “Sempre me reivindiquei português e sempre serei português, com todo o orgulho. Os meus filhos vão pelo mesmo caminho”. Filhos, aliás, que já fazem parte da estrutura da empresa. A ligação a Portugal mantém-se forte até hoje, visitando o seu país todos os meses e efectuando, também em Portugal, vários negócios. Ainda assim, Armandino Pereira tem um desejo: “gostava que todos os portugueses fossem mais unidos, que se ajudassem mais uns aos outros. Devemos ter orgulho de sermos portugueses, mas temos de nos preocupar mais uns com os outros”.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Especial região do Minho: Fundação Santoinho preserva a tradição e património cultural minhoto

 

O Santoinho nasceu em 1972 pelas mãos de António Cunha, empreendedor no sector do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho. Desta forma, os turistas podiam levar consigo uma experiência única das tradições gastronómicas, populares, culturais e etnográficas da região, não só como visitantes mas acima de tudo como participantes.

Ler notícia

“As memórias da minha terra”: um olhar sobre Vale de Cambra pela voz de Arlindo dos Santos

 

É sobre o lema “unindo os Portugueses” e mostrando o que Portugal tem de melhor, que a Lusopress irá lançar um novo projeto: o Lusopress Book. A 1ª edição do livro irá ser lançada em 2021. Trata-se de um guia de qualidade de alguns municípios portugueses, com uma panorâmica geral de cada região. O objetivo é divulgar as características do património natural e arquitetónico, contando a história de cada destino, sejam cidades, vilas ou aldeias. 

Ler notícia

Especial região do Minho: “Joaquinzinho” das bicicletas é um histórico acordeonista

 

Joaquim Barreiros, histórico acordeonista de Vila Praia de Âncora e pai do popular cantor Quim Barreiros. Tem 102 anos, e uma vida repleta de histórias. É filho de uma professora que veio lecionar para Riba de Âncora, Joaquim veio com mãe do Brasil com oito anos, após a morte do pai que era natural de Covas, em Vila Nova de Cerveira.

Ler notícia

Serip Groupe, de Joaquim Pires, está a investir em Portugal

 

Para além de Cônsul Honorário de Portugal em Nice, Joaquim Pires destaca-se na comunidade portuguesa do sul de França pelo seu empreendedorismo. É o rosto máximo da Serip Group, uma holding especializada na construção e promoção de moradias de luxo.

Ler notícia

Embaixador Jorge Torres Pereira em entrevista: eleições, Covid-19 e presidência portuguesa da UE

 

Três anos passados desde o início de funções em França, o Embaixador Jorge Torres Pereira abriu as portas à Lusopress, e vários foram os pontos em conversa.

Ler notícia