Associação Gaivota apresentou álbum comemorativo dos 20 anos de existência da associação
09 Aug, 2022 Última Actualização 11:55 AM, 8 Aug, 2022

Associação Gaivota apresentou álbum comemorativo dos 20 anos de existência da associação

 

O Dia Europeu da Música não passou em branco no Consulado Geral de Portugal, em Paris. Embutido pelo espírito musical, decorreu nos salões Eça de Queirós a apresentação do álbum comemorativo dos 20 anos da associação Gaivota, intitulado – Vingt Ans de Fado.

A associação Gaivota foi criada por Maria José Henriques e, ao longo de duas décadas de existência, promove fadistas residentes em França, mas também em Portugal, organizando espetáculos e noites de fado. Na apresentação do álbum, estiveram presentes os guitarristas portugueses Custódio Castelo e Jorge Fernandes, que é também o padrinho da associação. Para além dos guitarristas, faz ainda parte do álbum um elenco de luxo, composto por

Jenyfer Rainho, Mónica Cunha, Cláudia Costa, Lúcia Araújo, Sophie Paula, Lizzie, Filipe Ferreira, Sou Alam, para além da presidente da associação Gaivota Maria José Henriques e do cantor Dan Inger dos Santos.Um momento assinalável que, para Maria José Henriques, que preside a associação há 20 anos, é a concretização de um sonho.

O guitarrista português Jorge Fernando, em declarações à Lusopress, salientou a importância do trabalho persistente feito pela presidente. O álbum, como diz, tem um grande significado. O Consulado abriu as portas a este momento, e o Cônsul Carlos Oliveira destacou a importância da aproximação às associações.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com a exposição temporária "Antestreia"

 

O Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com uma exposição temporária intitulada “Antestreia”, dedicada à artista e com a curadoria de António Ponte. O Museu Carmen Miranda encontrava-se encerrado para obras de requalificação e ampliação.

Ler notícia

Quinta de Santoinho celebrou os 50 anos de existência com grande festa para o público

 

Festa e arraial minhoto: é assim há 50 anos. A Quinta do Santoinho está de portas abertas desde 1972. O Santoinho nasceu pelas mãos de António Cunha, empreendedor no setor do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho.

Ler notícia

Arte para todos os gostos: as opções da Feira Nacional de Artesanato, em Vila do Conde

 

Os jardins da Avenida Júlio Graça, em Vila do Conde, voltaram a encher-se de artesanato. É aqui que decorre a 44ª edição da Feira Nacional de Artesanato. Das rendas de bilros, a feira foi abrindo portas a outros artesãos. Hoje, são cerca de 200 expositores, com artesãos de todo o país, que mostram o que de melhor fazem, com diferentes matérias-primas.

Ler notícia