Portugal foi o país convidado de honra no salão 'Partir Étudier à l´Étranger', em Paris
19 Jan, 2022 Última Actualização 10:42 AM, 18 Jan, 2022

Portugal foi o país convidado de honra no salão 'Partir Étudier à l´Étranger', em Paris

 

Durante três dias, Portugal foi o convidado de honra do salão Partir Étudier à l´Étranger. Realizado no parque de exposições Porte de Versailles, o certame voltou assim ao formato presencial. Esta é uma das maiores feiras direcionadas para o mundo estudantil que acolhe, todos os anos, mais de 600 mil estudantes.

Portugal esteve em destaque, com um espaço dedicado à presença de universidades e politécnicos portugueses. A presença portuguesa no salão foi coordenada pela Cap Magellan, que trabalha no sentido de aproximação aos jovens lusodescendentes. Valorizar o ensino superior em Portugal, nomeadamente sobre o contingente especial de 7% reservado a lusodescendentes no acesso ao ensino superior português tem sido uma prioridade.

Portugal contou com a presença do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos, seis universidades, nove institutos politécnicos, a agência Erasmus+ e com a Direção Geral de Ensino Superior. O principal objetivo foi atrair estudantes lusodescendentes, tirando todas as dúvidas sobre como estudar em Portugal.

Em 2020, apenas um sétimo das vagas destinadas a lusodescendentes foram preenchidas, uma situação que as autoridades portuguesas querem corrigir. A adesão dos lusodescendentes a este contingente tem aumentado, mas é preciso motivar os estudantes a integrarem outras opções, como o programa Erasmus, da Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação.

O trabalho foi coordenado com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Esta feira assumiu-se como um momento de celebração do Ensino Superior Português, bem como da amizade entre Portugal e França.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Próxima paragem: Museu Nacional Ferroviário, Entroncamento - Parte 2

Sejam bem-vindos à segunda parte, e última, da conversa com Maria Teixeira, responsável pelo Museu Nacional Ferroviário do Entroncamento. Aqui o aviso repete-se e pedimos especial atenção aos comboios.
Ler notícia

Próxima paragem: Museu Nacional Ferroviário, Entroncamento - Parte 1

Eis que surge o Primeiro Bilhete de Comboio. Uma frase que literalmente regenerou os caminhos de ferro em Portugal. Uma miniatura de uma locomotiva a vapor e um comboio bem real, onde estão os aposentos da Rainha D.Maria Pia. Partindo dos primórdios dos caminhos de ferro, em 1856, há toda uma história para contar até à atualidade. Por isso, pare, escute e olhe, porque existem muitos comboios a circular. 

Ler notícia

Desde 1995, a Impacto Verde é uma referência na mediação imobiliária e um parceiro dos seus clientes

 

Pedro Lopes é o rosto e o pilar da afirmação da Impacto Verde no mercado. Entrou no mundo da mediação imobiliária em 1995 e, desde então, nunca mais parou. O arrendamento tem sido uma das grandes apostas da Impacto Verde ao longo dos anos.

Ler notícia

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Subscreva a nossa Newsletter