À 'moda do Porto', a Casa Canelas tem Francesinha na ementa todas as quintas-feiras
02 Dec, 2021 Última Actualização 11:28 AM, 1 Dec, 2021

À 'moda do Porto', a Casa Canelas tem Francesinha na ementa todas as quintas-feiras

 

De Portugal até Paris. Na Casa Canelas, esta iguaria sacia o paladar de um amante deste petisco típico da cidade do Porto. Mas não é na cidade portuense que nos encontramos, mas sim nos arredores de Paris. A Casa Canelas apresenta na sua ementa, todas as quintas-feiras, esta especialidade portuguesa.

É bem portuguesa mas, segundo reza a lenda, a sua origem deve-se a uma inspiração numa sanduíche francesa. Segundo reza a história, foi um português de nome Daniel David Silva que nos anos cinquenta trabalhava no restaurante “A Regaleira”, no Porto. Tendo sido emigrante em França, ele usou como inspiração uma das sanduíches mais típicas de França, o “Croque-Monsieur”.

A sua ideia foi a de ajustar os ingredientes ao paladar e cultura gastronómica das gentes da cidade do Porto, habituadas a comidas substanciais de sabores fortes e quentes, acabando por criar o famoso molho que é, sem qualquer contestação, a alma de qualquer boa Francesinha. A diversidade de bebidas alcoólicas nele utilizadas e a sua quantidade, afectam de forma determinante o seu sabor e a sua acidez ou doçura.

Existem restaurantes que fazem molhos de excelência cuja combinação de ingredientes é um segredo que dura há gerações. Mas se o molho é a alma da Francesinha, a qualidade das carnes utilizadas e até o tipo de pão que se usa são a sua estrutura, sendo o paladar final fortemente influenciado pela sua escolha criteriosa.

Ao longo do tempo, a Francesinha foi ganhando o seu espaço na gastronomia portuguesa. Já sabe, todas as quintas-feiras ou em qualquer outro dia, por encomenda, na Casa Canelas pode provar uma Francesinha. De Portugal, a Paris, a Casa Canelas continua a promover a gastronomia portuguesa.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Academia do Bacalhau de Paris destaca o sucesso da campanha Roupa sem Fronteiras 2021

 

Amizade, Portugalidade e Solidariedade. É este o espírito da Academia do Bacalhau de Paris. Aqui, a solidariedade não tem fronteiras. O mote foi, uma vez mais, ajudar quem mais precisa. E assim se deu asas a mais uma campanha do projeto Roupa sem Fronteiras.

Ler notícia

Noite de fados regressou à sala Vasco da Gama

 

 A sala Vasco da Gama, em Valenton, voltou a acolher mais uma noite de fado, depois de uma paragem em virtude da situação pandémica.  A mítica sala voltou a receber três grandes artistas portugueses de fado, António Pinto Basto, Mafalda Arnauth e Mara Pedro. O jantar espetáculo abriu com uma homenagem ao falecido fadista e padrinho da sala Vasco da Gama Carlos do Carmo. Foi em 1997 que o artista fez o primeiro concerto nesta sala.

Ler notícia

Parabéns Lusopress, 16 anos a unir os portugueses!

Ritmo e cor não faltaram ao 16ª aniversário da Lusopress.

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Subscreva a nossa Newsletter