Eleições Presidenciais 2021 decorreram no Consulado de Portugal em Paris de forma tranquila
18 Sep, 2021 Última Actualização 8:51 AM, 17 Sep, 2021

Eleições Presidenciais 2021 decorreram no Consulado de Portugal em Paris de forma tranquila

 

Tal como em alguns outros pontos do mundo, também o Consulado de Portugal em Paris abriu as suas portas às eleições presidenciais portuguesas.

Os portugueses aqui recenseados tiveram dois dias, sábado e domingo, para exercer o seu direito de voto. Para a eleição presidencial não foi permitido o voto por correspondência, obrigando assim a uma deslocação às mesas de voto do posto consular da sua residência. A distância para o local de voto continua a ser um dos principais problemas para a enorme abstenção. Em 2016, estavam inscritos no Consulado em Paris cerca de 30 mil eleitores. Nesse ano, apenas 3,69% dos inscritos votaram. Com o recenseamento automático, o número de inscritos aumentou significativamente. Estavam agora inscritos mais de 200 mil cidadãos, mas apenas votaram 1783 pessoas. Com 0,72% de votantes, destaque para a grande afluência de jovens. Há ainda quem defenda mais poderes para o Presidente da República Portuguesa. Nas secções de voto foram postas em prática todas as medidas de prevenção sanitária e recomendações das autoridades de saúde: utilização de máscara de forma adequada, manter a distância de segurança recomendada, desinfetar as mãos antes de votar, utilização de uma caneta própria e desinfeção das mãos depois de votar e antes de sair do local de voto. Com cinco mesas de voto, no Consulado Geral de Portugal em Paris, destaque para a vitória de Marcelo Rebelo de Sousa com 54,81%, seguido de Ana Gomes e André ventura. Após a vitória, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou os milhares de emigrantes que não puderam exercer o seu direito de voto. Diz que tudo fará para defender o voto por correspondência para os próximos atos eleitorais.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

À conversa com João Pinharanda, ex-conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em França

 

João Pinharanda nasceu em Moçambique, mas foi em Portugal que se formou em História e, enveredou pela História da Arte. Trabalhou como jornalista e especialista em arte em algumas publicações nacionais e foi peça crucial na fundação do Museu de Arte Contemporânea de Elvas.

Ler notícia

Maison & Objet 2021 regressou e teve assinatura portuguesa

 

O setor da moda e da casa ganharam novo ânimo no mês de Setembro. A Feira Internacional Maison & Objet esteve de volta e os profissionais do universo decorativo viram as atenções para o evento mais importante do ano. São vários os salões que acolheram a iniciativa, locais onde não faltam detalhes decorativos para ajudá-lo a ter novas ideias.

Ler notícia

Eleições Autárquicas 2021 com Marques Mendes

 

 A 1 de Outubro de 2017, as eleições autárquicas ficavam a conhecer o seu veredito final. Em disputa estavam 308 presidentes de câmaras municipais, respetivos vereadores e assembleias municipais. O resultado foi expressivo. o PS alcançou 37,82% dos votos. Uma vitória gorda que deixou à fome o seu oponente direto, o PSD, que não foi além dos 16,07 %. 

Ler notícia

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Siga-nos

                  

Subscreva a nossa Newsletter