01 Dec, 2020 Última Actualização 3:17 PM, 1 Dec, 2020

Cimeira da CPLP deve realizar-se em julho de 2021 em Luanda

O secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) disse hoje que a Cimeira de Chefes de Estado e de Governo dos Estados-membros da organização deverá realizar-se em julho de 2021, em Luanda.

"A proposta de Angola é que Cabo Verde, a título excecional, prolongue a sua presidência até julho de 2021, altura em que terá lugar a cimeira de Luanda e haverá então a passagem formal da presidência de Cabo Verde para a presidência de Angola", afirmou à Lusa por telefone Francisco Ribeiro Telles.

O diplomata acrescentou que “há um pedido [de Angola] a Cabo Verde para que prolongue a sua presidência até julho de 2021, tendo em conta a situação de pandemia” provocada pelo novo coronavírus. “Cabo Verde disse que aceitaria esse encargo. Agora essa proposta vai ser submetida aos Estados-membros na próxima reunião do comité de concertação permanente [CCP], que terá lugar aqui em Lisboa no próximo dia 28", continuou o diplomata.

Assim, a cimeira de chefes de Estado e de Governo, prevista para setembro deste ano passa para julho de 2021, "caso os Estados-membros estejam de acordo com a proposta que Cabo Verde irá apresentar no próximo CCP". "As cimeiras normalmente têm lugar no mês de julho. A ideia de [este ano] ser em setembro [como estava previsto até agora] tinha a ver com razões de calendário", explicou Ribeiro Telles.

Segundo o secretário executivo da organização, Angola fez este pedido a Cabo Verde tendo em conta a circunstância da pandemia de covid-19, não só no país, mas como em todos os Estados-membros da CPLP. Os Estados-membros da organização são Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 318 mil mortos e infetou mais de 4,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,7 milhões de doentes foram considerados curados. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

FONTE: LUSA

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

Alunos lusófonos em Londres fizeram progresso na última década

Os alunos lusófonos melhoraram os resultados escolares na última década, em Lambeth, município londrino onde está concentrada uma grande comunidade portuguesa, apesar de ainda terem taxas de sucesso inferiores a outros grupos étnicos, mostra um estudo da autarquia.

Ler notícia

Presidenciais: Comunidades enviam propostas para aumentar participação da diáspora

O Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP) propõe o desdobramento das mesas de voto e a divulgação de medidas de prevenção face à covid-19 com vista a uma maior participação da diáspora nas próximas eleições presidenciais.

Ler notícia

Autarcas de origem portuguesa em França promovem encontro virtual

Os autarcas de origem portuguesa em França vão reunir-se virtualmente este sábado para falar sobre o poder da ação social mesmo em tempos de pandemia, num encontro onde vão marcar presença autoridades portuguesas, francesas e deputados dos dois países.

Ler notícia

Investidores da Diáspora candidatam-se a apoios ao emprego de mais de 17 ME

O Governo anunciou hoje que os investidores da Diáspora apresentaram 142 candidaturas ao programa +CO3SO Emprego, a medida de empregabilidade lançada em julho, num montante global de 17 milhões de euros para a criação 363 postos de trabalho.

Ler notícia

Abertura do Centro de Atendimento Consular para a Bélgica

Centro de Atendimento Consular (CAC) português para a Bélgica entrou hoje em funcionamento, com o propósito de desmaterializar e simplificar os atos consulares, anunciou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Ler notícia