Jornal Região de Leiria oferece máscaras de proteção aos leitores
28 Oct, 2021 Última Actualização 6:00 AM, 27 Oct, 2021

Jornal Região de Leiria oferece máscaras de proteção aos leitores

A edição do jornal semanal Região de Leiria de quinta-feira vai incluir a oferta de uma máscara de proteção, face à pandemia da covid-19, contando com uma tiragem de cerca de oito mil exemplares, afirmou hoje o diretor da publicação.

 

Cada exemplar do Região de Leiria, na edição de quinta-feira, vai incluir a oferta de uma máscara de proteção, incluindo assinantes e todos os pontos de venda da publicação, disse à agência Lusa o diretor do jornal, Francisco Rebelo dos Santos, salientando que a tiragem foi reforçada. Para além da inclusão das máscaras em cada jornal, o Região de Leiria vai também distribuir as restantes - cerca de duas mil - a instituições do distrito, como lares, associações de apoio aos sem-abrigo ou entidades ligadas à proteção civil, acrescentou.

As máscaras foram produzidas pela empresa Anzú, da Gândara dos Oliveiras, Leiria, envolvendo 17 trabalhadores ao longo de quatro dias, disse. De acordo com Francisco Rebelo dos Santos, a iniciativa contou com a colaboração do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Pinhal Litoral, que ajudou a escolher a máscara, e o apoio financeiro do grupo luso-francês St. Germain, do empresário Carlos de Matos.

Na edição de quinta-feira, o Região de Leiria irá também contar com uma explicação de como utilizar corretamente as máscaras. "Nós, diariamente, somos confrontados com os problemas do combate à pandemia na região. Tivemos a feliz possibilidade de noticiar que as empresas da região estavam unidas a produzir viseiras, mas sentíamos que vinha sendo reclamada de dia para dia a falta de máscaras, com as pessoas a queixarem-se", notou Francisco Rebelo dos Santos. Para o diretor do Região de Leiria, a iniciativa é também uma tentativa de resposta a esse problema.

Na sua edição ‘online', onde dá conta da iniciativa, o jornal apela ainda aos leitores "para dizerem não ao açambarcamento, permitindo que o jornal e a máscara cheguem ao maior número possível de pessoas". O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 73 mil.

FONTE: LUSA

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

OE2022: Eleições para Conselho das Comunidades vão ter projeto-piloto de voto eletrónico

O Governo prevê realizar um projeto-piloto de voto eletrónico à distância nas eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas, que se realizam em março de 2022, segundo a proposta do Orçamento do Estado (OE2022).

Ler notícia

Expositores portugueses na feira internacional das industrias do ambiente em Lyon: POLLUTEC.

A feira bienal internacional POLLUTEC que terá lugar de 12 a 15 de Outubro no Parc des Expositions Lyon Eurexpo, é uma das maiores exposições mundiais do sector do ambiente (equipamentos, tecnologias e serviços ambientais), que reúne um universo de importantes empresas fabricantes de equipamentos e processos industriais assim como empresas de serviços industriais.

Ler notícia

Sobe número de eleitos regionais e departamentais de origem portuguesa em França

Após as eleições regionais e departamentais em França, a comunidade portuguesa está representada com cerca de 20 eleitos nos conselhos departamentais e mais de 10 nos conselhos regionais, uma subida em relação a 2015, segundo fonte oficial.

Ler notícia

Governo eleva classificação dos vice-consulados de Portugal em Toulose e em Vigo

O vice-consulado de Portugal em Toulouse será elevado a consulado e o vice-consulado de Portugal em Vigo passará a consulado-geral, no âmbito da reorganização da rede externa prevista no novo Regulamento Consular, anunciou hoje o Governo.

Ler notícia

Organização portuguesa no Canadá distribui 45 bolsas de estudo no valor de 47,5 mil euros

Uma organização portuguesa no Canadá distribuiu na semana passada 45 bolsas de estudo a alunos lusodescendentes do ensino pós-secundário no valor de aproximadamente 70 mil dólares canadianos (47,5 mil euros).

Ler notícia