Mónica Vieira-Auer recebeu prémio criado para distinguir a diáspora portuguesa
25 May, 2022 Última Actualização 3:06 PM, 23 May, 2022

Mónica Vieira-Auer recebeu prémio criado para distinguir a diáspora portuguesa

O ministro de Estado e Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, destacou em Lisboa a diáspora portuguesa, a qual, defendeu, “deve estar no centro da decisão política”, na entrega de um prémio a Mónica Vieira-Auer.

Santos Silva falava na cerimónia de apresentação da coleção “Comunidades Portuguesas”, da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM) e entrega do Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro a Mónica Vieira-Auer, com a obra de poesia “Antes ontem que amanhã“.

O anúncio de Mónica Vieira-Auer como vencedora da edição de 2020 do Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro foi feito em outubro do ano passado e a entrega do prémio, com o valor pecuniário de cinco mil euros, foi adiada no contexto da pandemia de covid-19.

O Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro é dirigido a portugueses residentes no estrangeiro e a lusodescendentes, e visa reforçar os vínculos de pertença à língua e cultura portuguesas.

A premiada, que vive na Alemanha desde setembro de 1992, lecionou em várias universidades da Baviera, assim como em instituições de educação e formação de adultos.

Desde 2010, é docente de Português Língua Estrangeira na Universidade Friedrich-Alexander de Erlangen-Nuremberga.

Na cerimónia de hoje foi ainda apresentada a coleção “Comunidades Portuguesas”, que resulta da colaboração entre o Ministério dos Negócios Estrangeiros e a INCM, “numa iniciativa para dar maior visibilidade e voz às comunidades residentes no estrangeiro”.

FONTE: LUSA

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

Paulo Cafôfo deixa a Venezuela preocupado com portugueses em situação de vulnerabilidade

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, manifestou preocupação pela existência de portugueses em situação de vulnerabilidade, alguns deles sem-abrigo.

Ler notícia

Açoriano faz comédia em português nos Estados Unidos com referências da Terceira

O açoriano Hugo Brito, que emigrou da ilha Terceira para os Estados Unidos da América (EUA) quando tinha 11 anos, criou um espetáculo de comédia totalmente em português para a comunidade luso-americana com a personagem Vavó Brito.

Ler notícia

Dia Mundial da Língua Portuguesa assinalado através de 139 atividades em 52 países

A terceira edição do Dia Mundial da Língua Portuguesa será hoje assinalada através de 139 atividades em 52 países, com Angola e o Brasil a assumirem os principais destaques entre um conjunto de eventos espalhados por quatro continentes.

Ler notícia

Movimento associativo na diáspora diminuiu um terço e precisa de apoio

O Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP) alertou para a necessidade de o movimento associativo na diáspora ser apoiado, perante a diminuição de quase um terço das associações nos últimos tempos, para a qual contribuiu a pandemia de covid-19.

Ler notícia

Comunidades portugueses querem ter maior peso na decisão política – Flávio Martins

O presidente do Conselho das Comunidades Portuguesas, Flávio Martins, salientou que os eleitores recenseados residentes no estrangeiro são 1,5 milhões e, em consequência, estes cidadãos nacionais têm de possuir maior peso nas decisões políticas.

Ler notícia