Empreendedoras luso-americanas promovem cultura portuguesa nos EUA com marca LisbonBlue
18 Apr, 2021 Última Actualização 3:23 PM, 16 Apr, 2021

Empreendedoras luso-americanas promovem cultura portuguesa nos EUA com marca LisbonBlue

As empreendedoras luso-americanas Maria e Lisa Dias, uma dupla de mãe e filha, criaram a marca LisbonBlue para promover a cultura portuguesa nos Estados Unidos, retirando inspiração do azul dos azulejos espalhados pela capital.

"São produtos inspirados em Portugal que vendemos para todo o mundo", disse à Lusa a designer Lisa Dias. Embora o alvo da marca seja o consumidor nos Estados Unidos, a loja online tem conquistado clientes espalhados por outros países, desde Reino Unido e Itália a França, Austrália e até Portugal e Japão. "Adoramos o azul dos azulejos de Lisboa", afirmou Maria Dias, que nasceu em Braga e emigrou para os Estados Unidos nos anos sessenta do século passado.

A responsável explicou que os efeitos da pandemia de covid-19, entre o confinamento e o cancelamento das Festas portuguesas, contribuíram para um maior interesse dos luso-americanos nas suas raizes e herança cultural. "Recebo muitas perguntas das gerações mais novas, penso que estão muito interessados e cada vez mais envolvidos", afirmou Maria Dias, que é também autora de livros de cozinha e conhecida nas redes sociais como "Tia Maria".

"Penso que, com a pandemia, a família é mais importante e as pessoas estão mais próximas. Querem aprender qual a sua herança, a sua cultura", indicou, referindo que entre os produtos mais bem sucedidos da LisbonBlue estão aventais, pósteres decorativos e canecas com frases em português e inglês. "Cozinha da Maria", "I'm Here for the Sardinhas", "But first, Vinho", "Bem-vindos" ou "Saudade" são algumas das frases disponíveis em produtos da loja, sendo possível pedir frases e nomes personalizados.

"O atrativo número um é que personalizamos os produtos com qualquer nome e qualquer língua", afirmou Lisa Dias, salientando que as canecas personalizadas para primas e primos são um êxito junto das gerações mais novas. "As pessoas anseiam por isto, especialmente com a pandemia. Agora o foco está na família", acrescentou Maria Dias. "Penso que a geração mais nova está a aperceber-se de como é importante preservar a nossa cultura", afirmou.

A LisbonBlue tem um portefólio de 700 produtos diferentes e o objetivo da dupla empreendedora é chegar aos mil até ao final de 2021, estando a ponderar a adição de novas categorias. "Queremos expandir e ter mais produtos, possivelmente cerâmica portuguesa", indicou Lisa Dias.

Além das t-shirts, aventais, canecas, ornamentos e objetos de decoração, a marca também desenha brincos feitos de cortiça portuguesa com padrões e ícones tradicionais, tais como o Galo de Barcelos. Os brincos e os aventais são feitos à mão.

Antes da criação desta marca, Maria e Lisa Dias encontraram sucesso com um blogue de culinária, que deu origem a um canal de YouTube e os livros de receitas de cozinha portuguesa "Taste Portugal", o mais recente dos quais publicado em 2020.

FONTE: LUSA 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

Comunidade portuguesa em França envia 3.500 prendas para hospitais portugueses

A associação Hirond'ailes em França preparou 3.500 "bolsinhas do coração" que vão começar a ser distribuídas hoje aos profissionais de saúde de cinco hospitais portugueses para mostrar o seu "reconhecimento" a estas equipas.

Ler notícia

Conselho das Comunidades Portuguesas assinala 40 anos com publicação de 2.382 documentos históricos

Os conselheiros das comunidades portuguesas colocaram hoje “online” na sua página do Facebook (https://www.facebook.com/memoriaccp) um conjunto de 2.382 páginas de documentos relacionados com a atividade do CCP, desde a primeira reunião do organismo, faz hoje precisamente 40 anos.

Ler notícia

Simpósio dá origem a 18 propostas para reforçar ligações entre os Açores e a diáspora

O simpósio Filamentos da Herança Atlântica, que decorreu entre 18 e 24 de março, deu origem a um conjunto de 18 propostas para reforçar as ligações entre os Açores e a diáspora nos Estados Unidos.

Ler notícia

Luso-canadiano inspira-se na comunidade portuguesa para desenvolver negócios

O trabalho junto da comunidade portuguesa de Toronto inspirou Andrew Arruda para “revolucionar a indústria da advocacia” e o luso-canadiano é hoje proprietário de duas companhias avaliadas em milhões de dólares.

Ler notícia

Chef português na Alemanha cria linha de produtos gourmet durante pandemia

De diferentes pimentas a vários tipos de sal, Luís Dias, chef português a viver na Alemanha há quase duas décadas, aproveitou a obrigatoriedade do encerramento do seu restaurante, em Colónia, para criar uma linha de produtos gourmet.

Ler notícia