Luso-americanos estão a sair dos estados tradicionais em direção à Florida e Texas
03 Mar, 2021 Última Actualização 4:25 PM, 2 Mar, 2021

Luso-americanos estão a sair dos estados tradicionais em direção à Florida e Texas

A população luso-americana nos estados tradicionais de emigração está a diminuir e regista-se um aumento nas comunidades na Florida, Texas e outros estados, segundo dados do American Community Survey citados pelo Conselho de Liderança Luso-Americano (PALCUS, na sigla inglesa).

"Os luso-americanos estão a deixar os estados tradicionais de assentamento", disse hoje a investigadora Dulce Maria Scott, da Universidade de Anderson, Indiana, na apresentação do novo Índex Nacional do PALCUS. Califórnia e Massachusetts foram os mais afetados. Segundo os dados do American Community Survey que a investigadora citou, a Califórnia perdeu 35.604 luso-americanos entre 2010 e 2018, uma quebra de 10,5% no estado que reúne a maior concentração da comunidade portuguesa.

O segundo estado a perder mais habitantes de origem portuguesa foi Massachusetts, de onde saíram 29.238 luso-americanos, o correspondente a uma redução de 10,3%. Já a comunidade de Rhode Island perdeu 11.784 pessoas, uma quebra de 13,2%, e no Havai registou-se uma diminuição de 22,2%, referente a menos 10.662 luso-americanos. No Connecticut notou-se uma quebra de 5.584 luso-americanos, ou menos 11,4%. Nova Jersey e Nova Iorque também sofreram reduções, embora em níveis mais baixos (2.531 e 2.436 pessoas, respetivamente).

Em sentido contrário, os maiores aumentos foram registados na Florida e no Texas, embora se tenha assistido a um crescimento razoável da população lusa também na Carolina do Norte, Pensilvânia, Colorado, Washington e Virgínia. A Florida foi o estado que atraiu mais luso-americanos, aumentando a comunidade em 9.545 pessoas, uma subida de 12,1%. Dulce Maria Scott referiu que este fluxo poderá estar relacionado com os segmentos mais velhos da população luso-americana, que escolheram este estado para a reforma.

O outro polo de atração foi o Texas, onde a população luso-americana subiu 19,1%, referente a mais 6.352 pessoas. Aqui e nos outros estados, a investigadora referiu que a mudança poderá estar relacionada com os filhos de emigrantes a procurarem novas oportunidades. Ainda assim, no total, estão hoje contabilizados menos luso-americanos nos Estados Unidos do que fora registado em 2010. "Em oito anos, a população luso-americana diminuiu 5%", notou Dulce Maria Scott. "Uma das razões é que há muito menos emigrantes a chegar de Portugal e as pessoas da grande vaga de emigração nos anos 1960 e 70 estão a ficar mais velhas e algumas a morrer", acrescentou.

Outro motivo poderá ser o desligamento de pessoas em gerações subsequentes. Segundo o American Community Survey relativo à população, estão contabilizados 1.358.190 luso-americanos, contra 1.426.121 em 2010. Os dados foram analisados numa sessão em que o PALCUS apresentou o seu mais recente Índice Nacional referente à comunidade luso-americana nos Estados Unidos da América, que abrangeu características demográficas, participação política, principais preocupações e outras questões comunitárias.

FONTE: LUSA 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

Empreendedoras luso-americanas promovem cultura portuguesa nos EUA com marca LisbonBlue

As empreendedoras luso-americanas Maria e Lisa Dias, uma dupla de mãe e filha, criaram a marca LisbonBlue para promover a cultura portuguesa nos Estados Unidos, retirando inspiração do azul dos azulejos espalhados pela capital.

Ler notícia

Conselheiros das Comunidades querem equiparação de residentes no estrangeiro nas eleições

Os conselheiros das Comunidades Portuguesas escreveram uma carta à secretária de Estado das Comunidades e à Assembleia da República a propor a equiparação dos residentes no estrangeiro em todos os atos eleitorais, disse à Lusa fonte das comunidades.

Ler notícia

Luso-americanos estão a sair dos estados tradicionais em direção à Florida e Texas

A população luso-americana nos estados tradicionais de emigração está a diminuir e regista-se um aumento nas comunidades na Florida, Texas e outros estados, segundo dados do American Community Survey citados pelo Conselho de Liderança Luso-Americano (PALCUS, na sigla inglesa).

Ler notícia

Luso-americana leva inspiração portuguesa ao visual da Silveira Designs

A luso-americana Angela Silveira Laines, filha de açorianos que emigraram para a Califórnia, é a força criativa por trás da Silveira Designs, que desenvolve design gráfico inspirado na comunidade portuguesa.

Ler notícia

RoadShow France | Portugal – Ribatejo Opportunités d’Affaires decorre online a 15 de Março

O RoadShow France | Portugal é um evento organizado no âmbito do projeto Ribatejo Global, da iniciativa da NERSANT, Associação Empresarial da Região de Santarém. 

Ler notícia