Presidenciais 2021: É residente no estrangeiro? Saiba como e quando votar
24 Oct, 2021 Última Actualização 6:00 AM, 24 Oct, 2021

Presidenciais 2021: É residente no estrangeiro? Saiba como e quando votar

Os portugueses recenseados num dos consulados portugueses no estrangeiro podem votar presencialmente nos dias 23 e 24 de Janeiro. Saiba como.

A eleição do próximo Presidente da República foi marcada para o dia 24 de janeiro de 2021Nos termos da CRP (artigo 121.º) e da LEPR (n.ºs 1 e 2 do art.º 70), na eleição do Presidente da República o direito de voto é exercido presencialmente e diretamente pelo cidadão eleitor.

No estrangeiro, a votação presencial decorre nas assembleias de voto constituídas junto dos postos consulares a publicitar, durante os dias  23 e 24 de janeiro de 2021, e destina-se aos cidadãos portugueses residentes no estrangeiro e recenseados na Comissão Recenseadora (CR) da sua área de residência (morada constante do Cartão de Cidadão).

 

  • ONDE ESTOU RECENSEADO?

Para votar é indispensável estar recenseado e conhecer o local de voto. Saiba onde está recenseado e qual o seu local de voto aquiSe não está recenseado não pode votar. Até ao fim do atual processo eleitoral o recenseamento está suspenso, pelo que só se pode recensear após terminar o atual processo eleitoral.

 

  • COMO DEVO FAZER PARA VOTAR?

Na eleição para o Presidente da República o voto é presencial. Não é permitido o voto por correspondência. Não é permitido o voto por procuração. A votação decorre nos dias 23 e 24 de janeiro (sábado e domingo), entre as 08:00 e as 19:00. Se está recenseado, deve dirigir-se à sua seção de voto, munido/a do cartão de cidadão, bilhete de identidade, ou passaporte, durante o horário de votação. 

Lembre-se de cumprir as regras sanitárias. O uso de máscara e o distanciamento físico são obrigatórios. Nas assembleias e secções de voto serão postas em prática todas as medidas de prevenção sanitária e recomendações das autoridades de saúde: "utilizar máscara de forma adequada, manter o afastamento recomendado enquanto aguarda a sua vez para votar, desinfetar as mãos antes de votar, utilizar de preferência uma caneta própria, desinfetar as mãos depois de votar e antes de sair do local de votação". 

 
Consulte a espécime de Boletim de voto aqui.  
 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

OE2022: Eleições para Conselho das Comunidades vão ter projeto-piloto de voto eletrónico

O Governo prevê realizar um projeto-piloto de voto eletrónico à distância nas eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas, que se realizam em março de 2022, segundo a proposta do Orçamento do Estado (OE2022).

Ler notícia

Expositores portugueses na feira internacional das industrias do ambiente em Lyon: POLLUTEC.

A feira bienal internacional POLLUTEC que terá lugar de 12 a 15 de Outubro no Parc des Expositions Lyon Eurexpo, é uma das maiores exposições mundiais do sector do ambiente (equipamentos, tecnologias e serviços ambientais), que reúne um universo de importantes empresas fabricantes de equipamentos e processos industriais assim como empresas de serviços industriais.

Ler notícia

Sobe número de eleitos regionais e departamentais de origem portuguesa em França

Após as eleições regionais e departamentais em França, a comunidade portuguesa está representada com cerca de 20 eleitos nos conselhos departamentais e mais de 10 nos conselhos regionais, uma subida em relação a 2015, segundo fonte oficial.

Ler notícia

Governo eleva classificação dos vice-consulados de Portugal em Toulose e em Vigo

O vice-consulado de Portugal em Toulouse será elevado a consulado e o vice-consulado de Portugal em Vigo passará a consulado-geral, no âmbito da reorganização da rede externa prevista no novo Regulamento Consular, anunciou hoje o Governo.

Ler notícia

Organização portuguesa no Canadá distribui 45 bolsas de estudo no valor de 47,5 mil euros

Uma organização portuguesa no Canadá distribuiu na semana passada 45 bolsas de estudo a alunos lusodescendentes do ensino pós-secundário no valor de aproximadamente 70 mil dólares canadianos (47,5 mil euros).

Ler notícia