Investidores da Diáspora candidatam-se a apoios ao emprego de mais de 17 ME
24 Oct, 2021 Última Actualização 6:00 AM, 24 Oct, 2021

Investidores da Diáspora candidatam-se a apoios ao emprego de mais de 17 ME

O Governo anunciou hoje que os investidores da Diáspora apresentaram 142 candidaturas ao programa +CO3SO Emprego, a medida de empregabilidade lançada em julho, num montante global de 17 milhões de euros para a criação 363 postos de trabalho.

De acordo com uma nota do gabinete da ministra da Coesão Territorial, o maior número de candidaturas ocorreu no Norte (56), com uma solicitação de mais de seis milhões de euros em apoios para criar o maior número de postos de trabalho (140). Contudo, foi na região Centro que se solicitou o maior montante de apoio (mais de 6,5 milhões de euros) para criar 123 postos de trabalho, através de 50 candidaturas.

De entre as três modalidades disponíveis (Interior, Urbano e Empreendedorismo Social), o Emprego Interior foi a mais procurada pelos Investidores da Diáspora, somando 88 candidaturas (62%), destinadas a criar 198 postos de trabalho (54,5%) e pedindo apoios na ordem dos 10 milhões de euros (59%). “Os Investidores da Diáspora são essenciais para a economia nacional. Não só porque são emigrantes portugueses que investem em Portugal, mantendo viva a ligação ao seu país de origem, como se constituem nas suas novas comunidades como verdadeiros embaixadores de bens e serviços nacionais no exterior”, refere a nota.

A medida +CO3SO Emprego apoia a 100% os custos diretos com os novos postos de trabalho criados (salários e contribuições para a Segurança Social a cargo do empregador), bem como o pagamento de um adicional de 40% sobre esses mesmos custos. Este apoio mensal pode ir até 2.200 euros por mês por cada trabalhador contratado sem termo, por um período máximo de 36 meses.

No global, a medida registou 5.045 candidaturas e ultrapassou os 550 milhões de euros em fundos solicitados. “Depois do período de análise destas candidaturas, e dada a elevada procura destes apoios, poderá justificar-se um reforço das verbas prevista para a medida que é, simultaneamente, de apoio à empregabilidade e à liquidez das empresas”, admite a tutela.

FONTE: LUSA

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

OE2022: Eleições para Conselho das Comunidades vão ter projeto-piloto de voto eletrónico

O Governo prevê realizar um projeto-piloto de voto eletrónico à distância nas eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas, que se realizam em março de 2022, segundo a proposta do Orçamento do Estado (OE2022).

Ler notícia

Expositores portugueses na feira internacional das industrias do ambiente em Lyon: POLLUTEC.

A feira bienal internacional POLLUTEC que terá lugar de 12 a 15 de Outubro no Parc des Expositions Lyon Eurexpo, é uma das maiores exposições mundiais do sector do ambiente (equipamentos, tecnologias e serviços ambientais), que reúne um universo de importantes empresas fabricantes de equipamentos e processos industriais assim como empresas de serviços industriais.

Ler notícia

Sobe número de eleitos regionais e departamentais de origem portuguesa em França

Após as eleições regionais e departamentais em França, a comunidade portuguesa está representada com cerca de 20 eleitos nos conselhos departamentais e mais de 10 nos conselhos regionais, uma subida em relação a 2015, segundo fonte oficial.

Ler notícia

Governo eleva classificação dos vice-consulados de Portugal em Toulose e em Vigo

O vice-consulado de Portugal em Toulouse será elevado a consulado e o vice-consulado de Portugal em Vigo passará a consulado-geral, no âmbito da reorganização da rede externa prevista no novo Regulamento Consular, anunciou hoje o Governo.

Ler notícia

Organização portuguesa no Canadá distribui 45 bolsas de estudo no valor de 47,5 mil euros

Uma organização portuguesa no Canadá distribuiu na semana passada 45 bolsas de estudo a alunos lusodescendentes do ensino pós-secundário no valor de aproximadamente 70 mil dólares canadianos (47,5 mil euros).

Ler notícia