Mónica Vieira-Auer vence 2.ª edição do Prémio IN/Ferreira de Castro
12 May, 2021 Última Actualização 8:50 AM, 11 May, 2021

Mónica Vieira-Auer vence 2.ª edição do Prémio IN/Ferreira de Castro

Mónica Vieira-Auer, a residir em Lauf an der Pegnitz, na Alemanha, é a vencedora da 2.ª edição do Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro, atribuído pela Imprensa Nacional Casa da Moeda em parceria com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, no âmbito da ação cultural junto das comunidades portuguesas.

A Parte pelo Todo é a obra galardoada pela 2.ª edição deste prémio dirigido a portugueses residentes no estrangeiro e a lusodescendentes, que visa reforçar os vínculos de pertença à língua e cultura portuguesas e, ao mesmo tempo, homenagear a grande figura das letras portuguesas do século XX que foi José Maria Ferreira de Castro (1898-1974).

A obra, do domínio da Poesia, foi selecionada entre 15 candidaturas, de variadas proveniências: Alemanha, Bélgica, Colômbia, França, Reino Unido, Estados Unidos da América e Canadá.

Tal como na primeira edição do Prémio IN/Ferreira de Castro, o júri é presidido pelo académico Carlos Reis e integra igualmente a editora-chefe da Imprensa Nacional, Paula Mendes, e a professora universitária Fátima Marinho. A propósito de A Parte pelo Todo o júri destacou a «representação de um universo pessoal com grande carga de autenticidade, temperada por uma certa contenção e, a espaços, por discretas notações irónicas; configuração de um ritmo poético formulado em versificação de alargada discursividade, episodicamente dotada de um certo impulso narrativo; desenvolvimento de uma imagística muito sugestiva, em sintonia com a evocação de vivências de um quotidiano investido de dimensão poética».

Mónica Vieira-Auer nasceu em Silvalde, Espinho, onde frequentou a Escola Secundária Dr. Manuel Laranjeira, assim como a Academia de Música de Espinho. Em 1985 iniciou o curso de Línguas e Literaturas Modernas, na variante de Estudos Portugueses e Alemães, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Após terminar a licenciatura, foi professora de Português no ensino básico e secundário e tradutora numa firma alemã. Em setembro de 1992 passou a viver na Alemanha, tendo lecionado Português Língua Estrangeira em várias universidades da Baviera e em instituições de educação e formação de adultos. Desde 2010 é docente de Português Língua Estrangeira na Universidade Friedrich-Alexander de Erlangen-Nuremberga. Além dos 5 mil euros do valor pecuniário do prémio Mónica VieiraAuer deverá ver, no próximo ano, a publicação do seu trabalho pela editora pública portuguesa, Imprensa Nacional.

Na edição do ano passado o Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro distinguiu, em ex aequo, as obras Não Viajarei por Nenhuma Espanha, do lusodescendente Marcus Quiroga Pereira (1954-2020), e Uma Casa no Mundo, de Irene Marques, portuguesa a residir em Toronto (Canadá).

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

Cartão de Cidadão entregue por via postal em França e na Suíça

A partir de ontem, os cidadãos nacionais residentes em França e na Suíça poderão receber o Cartão de Cidadão (CC) no domicílio. O documento será enviado por via postal por todos os postos e secções consulares portugueses naqueles países, onde residem duas das mais significativas comunidades portuguesas.

Ler notícia

Secretária de Estado das Comunidades destaca aposta no ensino do português no estrangeiro

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, destacou hoje a aposta no ensino do português no estrangeiro, iniciativa que este ano está presente em 18 países, envolvendo 978 professores.

Ler notícia

Dia Mundial da Língua Portuguesa assinala-se hoje em 44 países

As comemorações do Dia Mundial da Língua Portuguesa, que se assinala hoje, decorrem em 44 países, com mais de 150 atividades, em formato misto, presencial e virtual, devido à pandemia de covid-19.

Ler notícia

Um quarto dos boletins dos emigrantes nas legislativas devolvido por morada errada

Mais de um quarto dos boletins de voto enviados por correio para os emigrantes portugueses votarem nas legislativas de 2019 foram devolvidos por terem a morada errada, revelou hoje um dirigente do movimento “Também somos portugueses”.

Ler notícia

Inscrição consular única já está disponível em toda a rede consular

O novo Sistema Integrado de Gestão Consular (e-SGC), que introduz a ficha única de inscrição consular por cidadão ou utilizador, independentemente do local da sua abertura ou utilização, encontra-se já em funcionamento em toda a rede consular portuguesa. 

Ler notícia