Maioria dos atletas portugueses quer adiar Tóquio2020
17 Sep, 2021 Última Actualização 8:51 AM, 17 Sep, 2021

Maioria dos atletas portugueses quer adiar Tóquio2020

A maioria dos atletas portugueses integrados no projeto do Comité Olímpico de Portugal (COP) para Tóquio2020 quer o adiamento dos Jogos face à pandemia de Covid-19, revela um questionário hoje divulgado pela Comissão de Atletas Olímpicos (CAO).


Segundo os resultados do inquérito, enviado aos 89 atletas do Projeto Tóquio2020, e ao qual responderam 74, 89% querem o adiamento dos Jogos, com cerca de dois terços do universo total a pretender que o evento passe para 2021. Os resultados foram enviados à Comissão de Atletas do Comité Olímpico Internacional, pode ler-se num comunicado assinado pelo presidente da CAO, João Rodrigues. "Por outro lado, 82% dos atletas consideram que, a manterem-se as datas atuais, os Jogos Olímpicos não seriam justos do ponto de vista desportivo", acrescenta a nota.

Neste momento, e com as medidas de contenção em vigor em Portugal e em vários outros países, "apenas 42% considera ter as condições mínimas para treinar, embora sem a exigência que a preparação olímpica obriga". O comunicado da CAO surge no mesmo dia em que o COP pediu rapidez e firmeza ao Comité Olímpico Internacional na decisão de adiar o evento, marcado para de 24 de julho a 09 de agosto, uma medida apoiada também pelo Comité Paralímpico de Portugal. Vários outros organismos internacionais se têm pronunciado sobre a mudança das datas previstas para a competição na capital japonesa, entre elas a Federação Internacional de Atletismo, a ‘World Athletics', mas também os comités olímpicos de Brasil, Espanha, Estados Unidos, Noruega e Polónia, além da ausência já anunciada, em caso de se manter o plano inicial, de atletas do Canadá e Austrália.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 341 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 15.100 morreram. Em Portugal, há 23 mortes e 2.060 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

 

FONTE: LUSA

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

Sobe número de eleitos regionais e departamentais de origem portuguesa em França

Após as eleições regionais e departamentais em França, a comunidade portuguesa está representada com cerca de 20 eleitos nos conselhos departamentais e mais de 10 nos conselhos regionais, uma subida em relação a 2015, segundo fonte oficial.

Ler notícia

Governo eleva classificação dos vice-consulados de Portugal em Toulose e em Vigo

O vice-consulado de Portugal em Toulouse será elevado a consulado e o vice-consulado de Portugal em Vigo passará a consulado-geral, no âmbito da reorganização da rede externa prevista no novo Regulamento Consular, anunciou hoje o Governo.

Ler notícia

Organização portuguesa no Canadá distribui 45 bolsas de estudo no valor de 47,5 mil euros

Uma organização portuguesa no Canadá distribuiu na semana passada 45 bolsas de estudo a alunos lusodescendentes do ensino pós-secundário no valor de aproximadamente 70 mil dólares canadianos (47,5 mil euros).

Ler notícia

Casa de Castro Daire promove debate do Euro 2020 'entre mulheres'

Três mulheres, naturais do concelho de Castro de Daire, discutem o Euro 2020 e fazem a análise dos jogos da seleção nacional. A iniciativa é promovida pela Casa de Castro Daire, em Lisboa.

Ler notícia

Abertura do Centro de Atendimento Consular para Itália

Entra em funcionamento, hoje, dia 17 de junho, o Centro de Atendimento Consular (CAC) para Itália, que assegurará o atendimento, através de telefone e e-mail, a todos os utentes que necessitem de contactar e obter informação junto da secção consular da Embaixada de Portugal em Roma, cuja jurisdição abrange Itália, Malta, São Marino e Albânia.

Ler notícia