26 May, 2019 Última Actualização 4:14 PM, 23 May, 2019

Feira da Arcop de Nanterre é porta aberta para os produtos portugueses

 

Nanterre recebe a maior feira de produtos portugueses da região parisiense. Durante três dias, 21 concelhos portugueses se fizeram representar com o melhor que têm a oferecer. Enchidos, vinhos, doces e artesanato, a oferta era muita e a escolha sempre difícil. É já a 16ª edição em que a Arcop não deixa esquecer as origens aos emigrantes. A juntar à gastronomia, esteve a música e o convívio, bem português. Em cada banca, um pouco de Portugal, naquele que é o evento que permite, combater a saudade.Para além dos Municípios, foram muitos os produtores presentes, que vêem na Feira de Nanterre uma oportunidade de novos negócios além-fronteiras.  

Empresário Manuel Alves contribuiu para uma carrinha para a Casa do Povo de Ribeira do Neiva

 

A Casa do Povo de Ribeira do Neiva desejava e a vontade cumpriu-se. Uma nova carrinha de transporte está agora ao serviço da instituição particular de solidariedade social. Situada em Vila Verde, no distrito de Braga, a instituição contou com a ajuda de empresários da diáspora portuguesa para a aquisição do veículo. A instituição lançou uma campanha para angariação de fundos, que rapidamente se difundiu. Manuel Alves, empresário português em França, foi o principal responsável pela rápida aquisição do veículo. Para além de contribuir monetariamente, mobilizou alguns amigos que também contribuíram.

Graines de Luso ensinam português num atelier de gastronomia para crianças

 

A Ema é uma das crianças que semanalmente aprende a língua portuguesa na associação Graines de Luso. A organização foi fundada em 2015 e pretende fomentar o português através de oficinas criativas a crianças lusodescendentes. Ao assinalar o 4º ano de existência, a associação organizou um atelier de cozinha portuguesa para pais e crianças. Ao longo do dia, decorreu uma viagem de sabores portugueses, proporcionados com a ajuda de chefs profissionais. O evento teve lugar no Clube de Golfe Bluegreen de Bellefontaine, um parceiro essencial na organização do atelier. As crianças tiveram ainda oportunidade de experimentar a prática do golf.

Para além da língua portuguesa, a Graines de Luso permite descobrir a cultura portuguesa através de jogos e actividades criativas. Foram várias as instituições e personalidades que se quiseram associar ao evento, realçando o papel importante que a associação desempenha. No final, houve ainda lugar para a vertente solidária da Graines de Luso. Entregaram prendas para uma instituição que ajuda crianças com deficiência facial, e ainda um cheque no valor de 1000 euros para a Embaixada de Moçambique. 

Ildeberto Medina: uma voz de Portugal além-fronteiras

 

Foi da ilha Graciosa que partiu Ildeberto Medina para a viagem da sua vida. O destino foi o continente americano, onde se aventurou e construiu o seu próprio império. Os Estados Unidos era um sonho e tornou-se realidade. Superando as dificuldades, hoje é um conhecido empresário português. O trabalho nunca o assustou e só assim conseguiu construir uma vida de sucesso. Apesar de ter um oceano a separar, Portugal mantém-se no seu coração. Ildeberto Medina é um exemplo para muitos que escolhem a emigração como o caminho a seguir.

Rádio Alfa organizou noite de fado com Cuca Roseta e Desfado

 

A sala Vasco da Gama continua a ser a sala do Fado em Paris. Desta vez, abriu as suas portas a uma das vozes emblemáticas do Fado, em Portugal. Cuca Roseta regressou à capital francesa, para um espectáculo intimista e acolhedor. A Rádio Alfa foi a organizadora e promete continuar a apostar na cultura portuguesa. Depois do sucesso de 2014, a fadista regressou à Sala Vasco da Gama, para uma noite inesquecível. A comunidade portuguesa não quis perder o momento, o que para Cuca Roseta torna a noite mais especial. Hoje, Cuca Roseta é uma artista consagrada e sabe que nasceu para cantar o Fado. A noite contou ainda com a actuação do grupo Desfado, responsável pela abertura do espectáculo.