20 Nov, 2018 Última Actualização 8:05 PM, 9 Nov, 2018

“Vejo-me aflito para arranjar tempo para ir comer umas sardinhas a Portugal”

Categoria: Comunidade
Visualizações: 712 times

 

A fuga a um regime de ditadura é muitas vezes uma opção para encontrar novas oportunidades. Manuel Monteiro, natural de Vila Nova de Foz Côa, reencarnou os antepassados da sua querida cidade. Vestindo a pele de um homem paleolítico, o empresário encontra na pedra o caminho para escrever o seu destino. A guerra não fazia parte dos seus ideais, por isso, fugiu das armas e optou por uma realidade mais segura.

Antes da revolução dos cravos, o empresário troca a serenidade do seu abrigo pela movimentada metrópole parisiense. Dos tempos que construía casas ao largo do Rio Douro, aos dias em que a internet chega com maior precisão a um lugar do que um Ferrari, Manuel torna-se num empresário de sucesso.